Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,50 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.683,55
    -126,66 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    51,98
    -1,15 (-2,16%)
     
  • OURO

    1.855,50
    -10,40 (-0,56%)
     
  • BTC-USD

    32.699,55
    +905,23 (+2,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    651,44
    +41,45 (+6,79%)
     
  • S&P500

    3.841,47
    -11,60 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    30.996,98
    -179,03 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.695,07
    -20,35 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.447,85
    -479,91 (-1,60%)
     
  • NIKKEI

    28.631,45
    -125,41 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.355,25
    -40,25 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6542
    +0,1458 (+2,24%)
     

CBLoL 2021 inicia transmissões com promessa de grande final com torcida

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Campeonato Brasileiro de League of Legends 2021 (CBLoL) começa neste sábado (16), às 13h, com transmissão no SporTV e nos canais do YouTube e do Twitch do LoL. Participam equipes do Cruzeiro, Falkol Prodigy, Flamengo Esports, FURIA Esports, INTZ, KaBuM! e-Sports, LOUD, paiN Gaming, Red Canids e Rensga. No ano passado, a equipe INTZ venceu contra a paiN Gaming na quinta vez que o time chegou ao topo do pódio. Por causa da pandemia do novo coronavírus, a maior parte dos jogos da competição foi realizada remotamente. Apenas na última disputa as equipes se enfrentaram presencialmente, na cobertura de um prédio, em São Paulo, mas não foi permitida a presença de torcida. A equipe da Riot Games, no entanto, está pronta para uma virada nos acontecimentos, segundo Caco Antunes, diretor de e-sports da Riot Games Brasil. Ele afirma que a empresa também tem suas fases, verde, amarela e laranja e está atenta a todas as oportunidades. "Estamos muito prontos. Após a vacina, na medida em que mudarem as regulamentações e prevenções sanitárias, a gente já começa a fazer a transição", afirma Antunes. A empresa depende de como a taxa de transmissão do coronavírus vai se comportar a partir do início da vacinação, que ainda não tem data oficial, mas a Riot já procura arenas. "Se tivermos o sinal verde, podemos fazer virar o evento em uma semana."