Mercado abrirá em 4 h 36 min
  • BOVESPA

    128.427,98
    -339,48 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.170,78
    +40,90 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,40
    +0,32 (+0,44%)
     
  • OURO

    1.777,50
    -5,90 (-0,33%)
     
  • BTC-USD

    33.099,33
    -1.091,79 (-3,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    801,09
    -9,10 (-1,12%)
     
  • S&P500

    4.241,84
    -4,60 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.874,24
    -71,34 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.094,74
    +20,68 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    28.882,46
    +65,39 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    28.875,23
    +0,34 (+0,00%)
     
  • NASDAQ

    14.328,00
    +65,00 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9329
    +0,0044 (+0,07%)
     

Cavalo cai de telhado e assusta família em Presidente Prudente

·3 minuto de leitura

RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - Um forte barulho vindo da cozinha assustou uma família logo após o jantar, em Presidente Prudente (a 556 km de São Paulo). Temendo ser um ladrão, correram para o cômodo para ver o que acontecia e se assustaram ao encontrar, ao lado da mesa, um cavalo, que tinha acabado de cair do telhado.

A cena inusitada aconteceu na noite da terça-feira (4) no parque Watal Ishibashi, depois de o animal não perceber que o terreno em que estava -que faz divisa com os fundos da casa, num nível superior- ter terminado.

O tombo, de uma altura pouco superior a dois metros, destruiu parcialmente o telhado do imóvel e um armário existente na cozinha, ao lado da geladeira, e provocou um ferimento no animal. Nenhum dos moradores do imóvel ficou ferido.

"A família ficou muito assustada, mas está bem. Quando foram ver se havia alguma pessoa, um bandido, na cozinha, encontraram o cavalo ao lado da mesa", disse Ricardo Barbosa dos Santos, gerente do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Presidente Prudente.

Acionado, por volta das 22h, o órgão enviou um funcionário que cuida de animais de grande porte ao local. O cavalo saiu pela porta da frente do imóvel e foi colocado no veículo do CCZ, onde está à espera do aparecimento de seu proprietário, o que não ocorreu até a tarde desta quinta-feira (6).

Um veterinário fez uma sutura no ferimento do cavalo, que pesa cerca de 300 quilos. "Ele está bem, está se alimentando", disse Santos.

A família registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil, para tentar ser ressarcida pelos danos estruturais provocados na casa.

O animal ficará no CCZ por sete dias à espera de seu proprietário. Se não for retirado, será doado para uma instituição de caridade, que normalmente revende o animal para angariar recursos para seus trabalhos assistenciais.

Para retirar o cavalo, o dono terá de pagar taxas de apreensão (R$ 199) e de diárias no CCZ, hoje em R$ 71,81. Entre terça e esta quinta, o valor acumulado chega a R$ 342,62.

"O que a gente sempre pede é que as pessoas não deixem animais soltos nas ruas, principalmente de grande porte, pois isso pode causar acidentes como esse. Felizmente não houve feridos."

É ao menos a terceira vez em pouco mais de dois meses que ocorre incidente do tipo no país.

No último dia 20, um cavalo que pesava cerca de 500 quilos caiu dentro de uma casa em Cariacica (ES), quando estava pastando no alto de um morro que fica logo atrás do imóvel. Não houve feridos.

Antes, em fevereiro, um cavalo ficou preso no telhado da prefeitura em Aricanduva (MG), em episódio em que o animal sofreu ferimento leve.

"Um cavalo subiu em cima do telhado da sede, causando alguns danos, que prontamente já estão sendo reparados. O animal foi retirado com todo o cuidado pelos funcionários, não apresentou nenhuma lesão séria, apenas uma escoriação no rosto. Também não houve nenhuma pessoa ferida. Um caso inusitado, que chega a ser engraçado, mas que no fim deu tudo certo", diz comunicado da prefeitura da cidade mineira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos