Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.123,85
    -3.459,16 (-3,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.925,52
    -673,01 (-1,30%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,46
    -0,83 (-1,10%)
     
  • OURO

    1.734,40
    -3,10 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    41.757,24
    -1.411,06 (-3,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.033,22
    -23,93 (-2,26%)
     
  • S&P500

    4.352,63
    -90,48 (-2,04%)
     
  • DOW JONES

    34.299,99
    -569,38 (-1,63%)
     
  • FTSE

    7.028,10
    -35,30 (-0,50%)
     
  • HANG SENG

    24.500,39
    +291,61 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.781,50
    +16,75 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3423
    +0,0355 (+0,56%)
     

Cauê volta à base com três gols e deixa boa impressão para novas chances pelo time principal

·2 minuto de leitura


A expectativa para ver o atacante Cauê no time profissional do Corinthians era grande, mas a falta de espaço na equipe de cima do Timão fez com que o jogador retornasse à base.

Mas, o que seria um prolema, pode ser uma sobrevida para o jovem, de apenas 18 anos, no clube, já que logo em seu retorno ao time sub-20 corintiano o centroavante marcou os três gols do Alvinegro na vitória por 3 a 2 sobre o Cruzeiro, em Sete Lagoas, pela sétima rodada do Brasileirão da categoria.

Uma sensação única. Fiquei muito chateado por estar fora da equipe nos jogos diante do São Paulo e América-MG por conta de lesão, e retornar marcando o meu primeiro hat-trick é inexplicável. Sonhei muito com esse momento e quero desfrutar muito dele – disse o jogador.

Foi o terceiro jogo de Cauê após o retorno ao sub-20, ele já havia participado das derrotas para o Vasco e Atlético-MG.

Já convocado à Seleção Brasileira de base, os números do atacante corintiano nas categorias inferiores impressionam.

Em 2019, sua primeira temporada pelo Corinthians, foram 20 gols em 41 jogos, alternando entre sub-17 e sub-20, o que fez com que o Timão comprasse em definitivo o atleta, que pertencia ao Novorizontino.

No ano seguinte, apenas pelo sub-20, os números foram mais modestos: sete gols em 25 partidas.

Ainda assim, as suas boas atuações chamaram a atenção do ex-treinador do time profissional do Corinthians, Vagner Mancini, que o promoveu ao elenco profissional no início da atual temporada. No qual fez 14 jogos, sete como titular, e marcou dois gols. No total, foram 617 minutos.

Agora, o artilheiro do Timãozinho no Brasileirão Sub-20 precisará repetir a dose de boas atuações na base para chamar a atenção do novo técnico do time principal, Sylvinho, e voltar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos