Catar expõe pela primeira vez o automóvel mais caro do mundo

Doha, 31 jan (EFE).- O automóvel mais caro do mundo, com um preço de cerca de US$ 3,4 milhões, é exposto pela primeira vez dentro da 3ª edição do Salão do Motor do Catar, disse hoje à Agência Efe o diretor-executivo da empresa libanesa que o fabrica, a W Motors, Ralph Debbas.

Este veículo conta com luzes incrustadas de diamantes e assentos de couro costurados com fio de ouro, além de um sistema de abertura de portas ao contrário e uma tela Virtual 3D holográfica com interação tátil de última geração.

Debbas explicou que este ano serão fabricados ao todo sete veículos do Lycan Hypercar, que ganhou seu nome em honra a uma espécie de lobo, e que começará a ser distribuído em setembro.

O fabricante já recebeu vários pedidos de potenciais compradores, a maioria da região do Golfo, embora também haja pedidos da China, Rússia e Estados Unidos.

O automóvel tem um motor de 750 cavalos que permite ao motorista ir de 0 a 100 km em 2,8 segundos e alcançar uma velocidade máxima de 395 km/h.

Para fabricar o Lykan, a companhia teve a colaboração da Magna Steyr Italia (engenharia e consultores de fabricação), RUF Automobile (consultores técnicos e provedores), Studiotorino (consultores de projeto), Viotti (protótipo e fabricação do modelo) e ID4MOTION (desenvolvedores de tecnologia de integração). EFE

Carregando...