Mercado fechado

Casal abusa de política de trocas da Amazon e fatura US$ 1,2 milhão

Divulgação/Amazon

Um casal de Indiana, nos Estados Unidos, fraudou o site de compras Amazon e conseguiu faturar mais de US$ 1,2 milhão, cerca de R$ 3,8 milhões. De acordo com o jornal USA Today, Erin Joseph Finan e Jeanette Finan utilizaram a política de trocas do e-commerce, conhecida por ajudar os clientes, para revender produtos eletrônicos e lucrar.

No golpe, os dois utilizavam identidades falsas para realizar uma série de compras de produtos no site. Logo depois, os criminosos entravam em contato com o suporte da Amazon, informando que os produtos recebidos estavam com defeito. A política de trocas da companhia permite aos compradores receberem novas unidades de produtos sem que seja preciso devolver os aparelhos que estiverem com problemas. O processo aconteceu diversas vezes e assim, a dupla acumulou smartphones, relógios inteligentes, consoles Xbox e câmeras GoPro.

Os produtos eram revendidos a um conhecido que os comercializava novamente, a terceiros. A fraude foi descoberta pela Amazon e a dupla se declarou culpada pelos crimes de lavagem de dinheiro e fraude postal. A pena para esses delitos é de até 20 anos de prisão.

Uma audiência de condenação deve acontecer em novembro. Caso sejam condenados, os dois terão que pagar uma multa de US$ 500 e devolver à Amazon o valor roubado.