Mercado abrirá em 6 h 33 min

Casão se revolta com diálogos de Robinho: "Não aceito e não vou me calar"

Amanda Caroline
·2 minutos de leitura
Casão repudia contratação do atacante pelo Santos (Foto: Reprodução/Rede Globo)
Casão repudia contratação do atacante pelo Santos (Foto: Reprodução/Rede Globo)

Walter Casagrande voltou a se posicionar nesta sexta-feira (16) contra a contratação de Robinho pelo Santos Futebol Clube. O atacante foi condenado em primeira instância pela Justiça italiana a nove anos de prisão por estupro coletivo. Após o site ‘GE.com’ divulgar transcrição da gravações telefônicas em que o atleta admite que participou do crime em 2013, o comentarista esportivo do ‘Globo Esporte’ se disse “assustado com a sociedade brasileira”.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

O ex-jogador de futebol apontou inversão de valores na contratação de Robinho pelo time da baixada Santista (SP). “Estou assustado com a sociedade brasileira. Não é o apedrejamento do Robinho, é o apedrejamento da moral da sociedade brasileira. Não se pode inverter os valores”, disparou ao vivo.

Leia também

Casão ainda citou os episódios do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), que foi flagrado com dinheiro na cueca em operação da Polícia Federal, e da jogadora de vôlei de praia Carol Solsberg, advertida por se manifestar contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para mostrar sua indignação com o que ocorre no país.

“Fico assustado com o que acontece no Brasil. O Brasil solta traficante, vice-líder [do governo] é preso com dinheiro na cueca, a Carol Solsberg se posiciona politicamente e a CBV faz censura, e o Santos contrata um jogador que é condenado por estupro, sabe?”, disse.

“Não aceito e não vou me calar. Sou uma voz, sou inquieto e não vou me calar perante esse tipo de coisa. Não estou preocupada com consequências do que eu falo porque estou falando os fatos, não estou inventando, não estou atacando ninguém”, declarou Casagrande.

“A sociedade tem que parar de aceitar sacanagem como qualquer coisa normal. Eu me posiciono e não estou preocupado. E minha voz de resistência não vai se calar perante um absurdo desses”, finalizou o comentarista.

Confira o vídeo: