Mercado abrirá em 6 h 54 min
  • BOVESPA

    108.714,55
    +2.418,37 (+2,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.833,80
    -55,86 (-0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,89
    +0,13 (+0,16%)
     
  • OURO

    1.804,20
    -2,60 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    62.575,22
    +592,59 (+0,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.503,76
    +1.261,08 (+519,65%)
     
  • S&P500

    4.566,48
    +21,58 (+0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.741,15
    +64,13 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.222,82
    +18,27 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    26.028,94
    -103,09 (-0,39%)
     
  • NIKKEI

    29.121,15
    +520,74 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    15.573,75
    +78,00 (+0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4318
    -0,0045 (-0,07%)
     

Casagrande elogia convocação de Tite para Eliminatórias mas reforça: 'Minha contestação é no modo tático'

·1 minuto de leitura


O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira a mais recente lista de convocados para defender a Seleção Brasileira nas próximas três partidas das Eliminatórias da Copa do Mundo e teve reações positivas e negativas na web. Para o ex-atacante Walter Casagrande, contudo, o treinador acertou nos nomes escolhidos mas ainda precisa melhorar taticamente.

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

- O time de Tite não encanta, tem pouca intensidade. Ganhar o tempo todo de Bolívia, Paraguai, Peru, Equador e Venezuela não significará nada. A não ser se goleasse e demonstrasse total superioridade. Mas não é isso que acontece - escreveu o ex-atleta em seu blog no portal GE.

- As seleções europeias jogam em uma intensidade muito acima da nossa, mais agressivas. Muitas delas demonstraram enorme evolução técnica na última Eurocopa. Itália, Bélgica, França e Alemanha jogam hoje muito mais do que a Seleção Brasileira - destacou o comentarista.

+ Conheça o novo app do LANCE! e fique por dentro dos resultados e notícias!

- Tite terá um ano praticamente para fazer o time evoluir e ser competitivo. É bom lembrar que desde 2006 somos eliminados por europeus em Copas. É possível fazer um time bem mais forte com esses mesmos jogadores, além de aumentar a intensidade e a dinâmica de jogo. Se chegarmos na Copa como aconteceu na Rússia, voltaremos mais cedo novamente - acrescentou Casagrande.

A Seleção Brasileira lidera a classificação das Eliminatórias da Copa do Mundo com oito vitórias em oito partidas disputas. No próximo mês, a Amarelinha enfrenta a Venezuela, a Colômbia e o Uruguai.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos