Mercado abrirá em 1 h 20 min
  • BOVESPA

    110.249,73
    +1.405,98 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,53
    +1,04 (+1,48%)
     
  • OURO

    1.773,70
    -4,50 (-0,25%)
     
  • BTC-USD

    41.910,65
    -1.517,31 (-3,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.044,07
    -19,77 (-1,86%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.066,67
    +85,69 (+1,23%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.064,50
    +40,50 (+0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1807
    +0,0016 (+0,03%)
     

Casa como garantia de empréstimo pode ser perigoso

·1 minuto de leitura
Long concrete sidewalk leading to the front door and porch area
Caso o cliente não pague as contas, corre o risco de perder o imóvel para o banco (Getty Image)
  • Para garantir juros mais baixos e melhores chances de aprovação, clientes utilizam imóveis como garantia

  • No ano passado, o valor contratado pela modalidade atingiu R$ 4,6 bilhões

  • Inadimplência pode gerar risco de perda da casa colocada como garantia

Já pensou perder a casa após realizar um empréstimo? Em um momento de desemprego e inflação, brasileiros têm recorrido ao empréstimo com imóvel como garantia, a procura de melhores taxas de juros oferecidas pelo mercado. No entanto, prática é perigosa e pode colocar em risco a moradia de quem não devolve o dinheiro ao banco.

Leia também:

Apesar da modalidade não atingir a maior parte dos empréstimos, o crédito home equity cresce exponencialmente ao longo dos anos. Em 2020, o valor contratado chegou a R$ 4,6 bilhões, representando uma alta de 61% em comparação com o ano anterior, segundo dados do Banco Central (BC).

Na linha de crédito, o cliente pode conseguir um empréstimo de até 60% do valor do imóvel. O prazo de pagamento pode chegar a 20 anos e a taxa de juros anual gira em torno de 12%.

Automóveis também podem ser utilizados para conseguir menores quantidades de dinheiro. Caso o consumidor atrase parcelas ou permaneça inadimplente, o banco pode ganhar a posso do veículo ou da casa colocados como garantia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos