Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    33.792,96
    +1.193,94 (+3,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Casa Branca vê maioria das altas de preços como temporária; Yellen defende monitorar com cuidado

·1 minuto de leitura
Secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen

WASHINGTON (Reuters) - O governo Biden espera que "a maioria dos aumentos de preços" na economia dos Estados Unidos seja temporária, em vez de um sinal de inflação sustentada, disse a Casa Branca nesta quinta-feira.

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, também repetiu sua visão de que a inflação elevada atual é transitória, mas disse em uma entrevista à National Public Radio que o aumento dos preços precisa ser observado "com muito, muito cuidado".

"Não devemos esperar que desapareça no mês que vem, mas certamente a médio prazo não acho que continuará", disse Yellen sobre a inflação. "Mas, é claro, precisamos observar a inflação com muito, muito cuidado."

(Por Andrea Shalal, Trevor Hunnicutt, David Lawder e Tim Ahmann)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos