Mercado abrirá em 9 h 13 min
  • BOVESPA

    120.700,67
    +405,99 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,10
    +184,26 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,44
    -0,02 (-0,03%)
     
  • OURO

    1.763,20
    -3,60 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    63.115,83
    +112,94 (+0,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.401,20
    +20,25 (+1,47%)
     
  • S&P500

    4.170,42
    +45,76 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    34.035,99
    +305,10 (+0,90%)
     
  • FTSE

    6.983,50
    +43,92 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    28.843,61
    +50,47 (+0,18%)
     
  • NIKKEI

    29.682,66
    +39,97 (+0,13%)
     
  • NASDAQ

    13.975,25
    -38,75 (-0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7155
    -0,0056 (-0,08%)
     

Casa Branca identificará em breve agente por trás de ataque a sistema de email da Microsoft

·1 minuto de leitura

WASHINGTON (Reuters) - O conselheiro de Segurança Nacional do presidente norte-americano, Joe Biden, Jake Sullivan, disse nesta sexta-feira que o governo está reunido informações sobre a escala do ataque hacker ao sistema de email Exchange da Microsoft.

Sullivan afirmou que o governo dos EUA vai conseguir identificar o autor do ataque que afetou milhares de empresas e instituições mundo afora em um futuro próximo.

A Microsoft afirmou anteriormente que os hackers foram "patrocinados por um Estado e operaram fora da China".

Empunhando ferramentas que exploram quatro vulnerabilidades ante desconhecidas, o grupo de hackers tem invadido servidores de email desde janeiro, drenando remotamente caixas de entrada de mensagens sem ter que enviar email com software malicioso.

Desde 2 de março, quando a Microsoft revelou fragilidades graves em seu software Exchange, especialistas alertaram que era questão de tempo até que gangues de ransomware começassem a usá-los para abalar organizações na internet.

(Por Jeff Mason e Nandita Bose)