Mercado fechará em 48 mins
  • BOVESPA

    126.597,93
    +1.985,90 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.345,32
    +434,79 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,38
    +0,73 (+1,02%)
     
  • OURO

    1.801,10
    +1,30 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    40.432,79
    +2.429,50 (+6,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    944,71
    +14,79 (+1,59%)
     
  • S&P500

    4.409,55
    +8,09 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.002,19
    -56,33 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.016,63
    +20,55 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    15.014,00
    +66,25 (+0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0648
    -0,0436 (-0,71%)
     

Cartilha explica leis trabalhistas do Brasil para imigrantes

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Se os meandros das leis trabalhistas já são de difícil compreensão para os brasileiros, podem ser um desafio ainda maior para os imigrantes. Apesar de eles terem os mesmos direitos, a barreira da língua, a falta de conhecimento da cultura local e de uma rede de apoio podem dificultar o pleno acesso a essas garantias.

Pensando nisso, um grupo de professores e alunos da USP criou uma cartilha para ajudá-los. O material, com 124 páginas e dividido em seis partes, traz informações sobre direitos dos imigrantes e refugiados, jornada de trabalho, rescisão de contrato, assédio e aposentadoria, entre outros temas.

O conteúdo é apresentado de forma didática, com perguntas e respostas, e se dirige a qualquer imigrante ou refugiado, independentemente de estarem regularizados.

Segundo o professor do curso de direito Antonio Rodrigues de Freitas Júnior, coordenador da cartilha, a demanda surgiu dos próprios ativistas da área de migração, que o procuraram.

"Não foi uma iniciativa acadêmica, foi uma ideia que partiu deles", afirma. "A vantagem é que, por não ser um material oficial, de um órgão do governo, a gente pode abordar não só o que está pacificado, mas também uma visão de expansão de direitos."

Agora, a primeira versão --que havia sido lançada em 2019-- foi atualizada e, em parceria com a Escola de Comunicações e Artes (ECA), ganhou novo formato e ilustrações do cartunista Claudio.

"Buscamos uma diagramação mais didática, mais facilitadora do processo de leitura para essa população fragilizada, que vem em busca de uma nova vida", diz o professor André Chaves de Melo, que coordenou essa parte do projeto.

Os próximos passos são lançar a cartilha em francês, inglês, espanhol e árabe, com a ajuda de professores do curso de Letras. Os organizadores também buscam doações para lançar uma versão impressa da publicação.

A Cartilha de Direitos Trabalhistas e Previdenciários para Imigrantes e Refugiados está disponível para download gratuito no site do Grupo de Pesquisa em Migração e Direito Internacional do Trabalho (GEMDIT), no seguinte link: https://sites.usp.br/gemdit/cartilha/.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos