Mercado fechado

Carteirinhas estudantis digitais devem ser lançadas nesta segunda (25)

Fidel Forato

Anunciada em setembro deste ano, através de uma medida provisória do presidente Jair Bolsonaro, chega aos estudantes, na segunda-feira (25), a ID Estudantil — a carteirinha digital e gratuita para inscritos na educação básica, profissional, técnica e superior. Pelo menos é isso que afirma o ministro da Educação Abraham Weintraub, em entrevista sobre o documento que permitirá o pagamento de meia-entrada em shows, museus, teatros e eventos culturais.

“Na segunda-feira, teremos o lançamento digital do ID Estudantil, que é o aplicativo de celular para ter a carteirinha digital. Os estudantes que tiverem sido cadastrados pela instituição de ensino já vão poder acessá-la a partir dessa data. Para quem não tiver sido cadastrado, o estudante só precisa pressionar a escola para efetuá-lo”, afirmou o ministro Weintraub, hoje (22).

Print da pagina oficial da nova carteirinha estudantil (Screenshot: Canaltech)

No entanto, o site oficial do ministério da Educação traz informação divergente. Na página inicial da ID Estudantil, há um timer em contagem regressiva. Como é possível ver no print, faltam ainda 15 dias e algumas horas para o lançamento oficial do app que garantirá meia-entrada para estudantes.

Entenda o documento

Para Weintraub, as carteirinhas digitais farão com que os estudantes economizem cerca de R$ 50 ao ano, já que para a obtenção do atual documento é necessário que o estudante pague uma taxa para a União Nacional dos Estudantes (UNE), que emite o documento.

“Por que algumas pessoas são contra a carteirinha digital? Porque a UNE ganha R$ 500 milhões por ano fazendo isso. A gente vai quebrar mais uma das máfias do Brasil, tirar R$ 500 milhões das mãos da tigrada da UNE. Esse dinheiro vem do povo, que paga R$ 50 na carteirinha todo ano”, defendeu o ministro com a nova medida.

Ministro Weintraub divulga lançamento de carteirinha, em divergência com site oficial

O MEC ainda emitirá documento físico para aqueles que não tiverem acesso à smartphones ou desejaram, a partir de um contrato com a Caixa Econômica Federal para emissão gratuita ao estudante do ID Estudantil.

Quando lançada, a nova carteirinha estudantil estará disponível tanto na Play Store quanto na Apple Store.

A seguir, confira vídeo do MEC explicando o novo documento:


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: