Mercado abrirá em 1 h 27 min
  • BOVESPA

    109.068,55
    -1.120,02 (-1,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.725,96
    -294,69 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,75
    +0,74 (+1,03%)
     
  • OURO

    1.795,20
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    16.826,55
    +14,27 (+0,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    395,20
    -6,84 (-1,70%)
     
  • S&P500

    3.933,92
    -7,34 (-0,19%)
     
  • DOW JONES

    33.597,92
    +1,58 (+0,00%)
     
  • FTSE

    7.487,02
    -2,17 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    19.450,23
    +635,41 (+3,38%)
     
  • NIKKEI

    27.574,43
    -111,97 (-0,40%)
     
  • NASDAQ

    11.530,25
    +20,75 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4745
    +0,0081 (+0,15%)
     

Cartão de beisebol de Mark Zuckerberg aos 8 anos é vendido por mais de R$ 550 mil

Cartão de basebol de Mark Zuckerberg aos 8 anos é vendido por mais de R$ 550 mil
Cartão de basebol de Mark Zuckerberg aos 8 anos é vendido por mais de R$ 550 mil
  • O cartão autenticado exibe uma foto de Zuckerberg durante sua participação na liga infantil de beisebol;

  • Uma monitora de acampamento foi presenteada pelo cartão e o guardou por mais de 30 anos;

  • A versão NFT do cartão foi vendida por 11 Ethereum, ou aproximadamente R$ 80 mil.

Os cartões de beisebol de jogadores profissionais são itens altamente colecionáveis, principalmente nos EUA. Mas o que pouca gente esperava era que um card de Mark Zuckerberg aos 8 anos fosse arrematado em um leilão por mais de R$ 550 mil. A versão NFT do cartão foi vendida por 11 Ethereum, ou aproximadamente R$ 80 mil.

O cartão autenticado, exibindo uma foto de Zuckerberg durante sua participação na liga infantil de basebol, foi vendido por US$ 105.000 em um leilão realizado pela ComicConnect.com, conforme informou o MarketWatch nesta quarta-feira (29). O comprador não divulgado também pagou um prêmio de 15% sobre o preço de fechamento, totalizando US$ 120.750 (R$ 650 mil).

O cartão Aces Sports Star foi vendido por Allie Tarantino, a “monitora favorita” do jovem Zuckerberg em um acampamento na cidade de White Plains, Nova York. Zuckerberg assinou o cartão e o entregou a Tarantino, que o manteve nas três décadas seguintes, enquanto o fundador do Facebook se tornava um dos indivíduos mais ricos – e mais examinados – do mundo.

“Eu tenho contado essa história por um bom tempo, sobre como eu conheci Mark como um campista, e sempre surpreende as pessoas ver que este cartão realmente existe”, disse Tarantino em um comunicado de imprensa anterior sobre o cartão.

O magnata da Meta estava totalmente ciente do leilão – até mesmo promovendo os procedimentos e compartilhando uma foto do cartão de beisebol em sua conta do Instagram em agosto.

“Em homenagem à expansão dos NFTs colecionáveis ​​digitais para mais 100 países no Instagram e ao lançamento de novas integrações com Coinbase e Dapper, estou compartilhando meu futuro cartão de beisebol NFT antigo, que alguém encontrou recentemente e me enviou ” Zuckerberg escreveu em 4 de agosto com um emoji rindo na legenda.

O cartão de Zuckerberg lista sua cidade natal como Dobbs Ferry, NY, e detalha e as suas "estatísticas" durante a temporada da Little League de 1992 - na qual o jogador destro 1 metro e 11 teve 23 rebatidas, incluindo um home run.

O preço de venda foi de mais de meio milhão de reais, embora considerável, ainda é pouco se comparado aos preços de leilão relíquias da liga profissional. Em agosto, um cartão Topps de 1952 para a lenda do New York Yankees, Mickey Mantle, foi vendido por um recorde de R$ 68 milhões.