Mercado fechará em 6 h 45 min
  • BOVESPA

    109.951,49
    +2.121,77 (+1,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,55
    +0,08 (+0,10%)
     
  • OURO

    1.893,90
    +3,20 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    22.700,81
    -479,05 (-2,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    523,01
    -13,88 (-2,58%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.943,75
    +58,58 (+0,74%)
     
  • HANG SENG

    21.624,36
    +340,84 (+1,60%)
     
  • NIKKEI

    27.584,35
    -22,11 (-0,08%)
     
  • NASDAQ

    12.685,25
    +140,00 (+1,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5769
    +0,0095 (+0,17%)
     

Carros usados da Tesla desvalorizam 4 vezes mais que rivais

A Tesla é referência quando os assuntos em pauta são carros elétricos ou recursos de direção autônoma, mas uma decisão recente dos executivos da montadora de Elon Musk acabou se tornando uma enorme dor de cabeça. A atitude impactou diretamente - e negativamente - as vendas de usados da marca.

De acordo com um relatório divulgado pela agência Reuters, em cima de dados compilados pela consultoria Edmunds, entre julho e novembro de 2022 os preços de carros usados da Tesla despencaram. Os valores passaram de US$ 67.297 para US$ 55.754 em média, uma baixa de aproximadamente 17%.

Carros usados da Tesla demoram mais para serem vendidos do que os de outras marcas (Imagem: Patrick T. Fallon/Bloomberg)
Carros usados da Tesla demoram mais para serem vendidos do que os de outras marcas (Imagem: Patrick T. Fallon/Bloomberg)

O problema, além da alta porcentagem de desvalorização, é que o mercado geral de usados caiu apenas 4% no mesmo período. Isso significa, em resumo, que um carro da Tesla está desvalorizando quatro vezes mais que os modelos dos rivais.

Outro ponto preocupante para a Tesla em relação aos seus carros usados é o tempo que eles estão demorando para serem vendidos. O mesmo relatório da Edmunds revelou que, enquanto um usado de outra marca fica, em média, 38 dias nas concessionárias, um Tesla leva 50 dias para encontrar um novo proprietário.

Motivos para usados da Tesla “despencarem” de preço

A consultoria elencou três motivos como os principais responsáveis pela rápida desvalorização dos carros usados da Tesla no comparativo com os maiores rivais. E a principal das razões para a queda tem como culpados justamente os executivos da montadora de Elon Musk e suas mais recentes decisões.

De acordo com a Edmunds, o maior erro estratégico da Tesla foi ter aumentado em demasia os preços de seus carros novos assim que a guerra entre Rússia e Ucrânia estourou e o preço da gasolina disparou. Isso provocou um efeito dominó que puxou para cima os preços dos carros usados da Tesla no início de 2022.

Taxas de juros mais altas, combustíveis baratos e concorrência: motivos para queda nas vendas de usados Tesla (Imagem: Reprodução/Raysonho/Wikimedia/CC)
Taxas de juros mais altas, combustíveis baratos e concorrência: motivos para queda nas vendas de usados Tesla (Imagem: Reprodução/Raysonho/Wikimedia/CC)

A consultoria revelou que quase um terço dos carros usados à venda em agosto eram modelos Tesla, enquanto uma média de 5% pertencia às outras marcas. Os usados da Tesla, mais caros, acabaram “encalhando” nos estoques, principalmente depois que o preço dos combustíveis voltou a cair e a procura pelos carros elétricos da marca também diminuiu.

O aumento das taxas de juros nos Estados Unidos após o fim das medidas emergenciais adotadas durante o ápice da pandemia da Covid-19 também foi um motivo elencado pela Edmunds, que fechou a série de razões com outra ressalva muito importante: o aumento da gama de opções elétricas, cada vez mais recheada de novos modelos, como o Hyundai Ioniq 5 ou a Ford F-150 Lightning.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: