Carros populares estão abaixo dos padrões globais, diz Proteste

SÃO PAULO – Carros populares apresentaram mau desempenho nos testes de colisões realizados pela Latin NCAP, em parceria com a Proteste - Associação de Consumidores. Os órgãos afirmaram que a segurança dos veículos produzidos na América Latina está abaixo dos padrões globais, cerca de 20 anos atrasada em relação aos países ricos. 

Os piores carros avaliados foram o Renault Sandero e o chinês JAC J3, com avaliações mostrando que “estruturas frágeis na carroceria colocam em risco a vida de seus motoristas e ocupantes”.

O Renault Sandero, que na Europa é conhecido por sua segurança exemplar, obteve apenas uma estrela no desempenho instável da carroceria, além de ser prejudicado nos testes devido à falta de airbags. Segundo a Proteste, no continente europeu dificilmente um carro tem uma avaliação menor do que quatro estrelas.

Por outro lado, embora o JAC J3 tenha dois airbags, o modelo também só alcançou uma estrela. “Isso comprova que airbags não são suficientes para tornar os carros mais seguros quando a estrutura da carroceria é deficiente”, relataram os testes. Procuradas, as montadoras Renault e JAC Motors não foram localizadas para explicar o mau desempenho. 

O Latin NCAP aconselha que os consumidores devem exigir dos fabricantes a adoção das recomendações da Organização das Nações Unidas em relação aos padrões dos testes de colisão (regulamentos R94 e R95). "Desta maneira, haverá mais proteção a todos os envolvidos no trânsito e os consumidores terão oportunidade de escolher seus carros segundo as avaliações de segurança dos testes de colisão", lembra a pesquisa.

Outros desempenhos
Os carros foram submetidos a uma colisão frontal a 64 km/h. Dos oito veículos testados, cinco conseguiram quatro estrelas: Ford New Fiesta KD, Honda City, Renault Fluence, Toyota Etios hatch e o Volkswagen Polo hatchback, combinando os três itens principais de segurança - resistência estrutural da carroceria, air bags e cintos de segurança.

O clássico Volkswagen Bora obteve três estrelas, pela baixa resistência da sua estrutura.

Testes
Os carros são avaliados pelo número de estrelas, variando de zero a cinco. Quanto mais seguro, mais estrelas ganha, de acordo com a segurança ideal aos ocupantes dos veículos. Este foi o terceiro ano de testes. No período, já foram testados 26 modelos diferentes.

Carregando...