Mercado fechado

Carros elétricos: saiba calcular o consumo médio

·4 minuto de leitura

Calcular o consumo médio de combustível em um carro abastecido com gasolina ou etanol é possível por meio de um método simples, que praticamente todo mundo conhece. Afinal, basta dividir o número de quilômetros percorridos pela quantidade de litros adicionada ao tanque e pronto. Mas como faz para calcular o consumo médio de um carro elétrico? Antes de darmos a resposta, já vamos avisando que é preciso entender uma verdadeira “sopa de letrinhas (e de números)”.

Vamos começar do começo, com o perdão da redundância. Para calcular o consumo médio de carros elétricos, primeiro é preciso saber que ele não é apontado simplesmente dividindo a autonomia total do veículo divulgada pelas montadoras pela capacidade da bateria. Vamos visualizar melhor com um exemplo prático.

De acordo com a General Motors, o Chevrolet Bolt tem uma bateria de 66 kWh e autonomia de 416 km. O consumo médio do carro, no entanto, não sai simplesmente da divisão de 416 por 66, que teria como resultado 6,30. Para chegar ao valor exato, é necessário fixar uma distância para referência, e as montadoras adotaram 100 km como padrão.

Dessa forma, o cálculo do consumo médio do Chevrolet Bolt em kWh seria feito por meio da boa e velha regrinha de três: 66 kWh/x = 416 km/100 km. Isso implica que "x" é igual a 6600 / 416, que resulta em 15,8 kWh gastos a cada 100 quilômetros. E isso é melhor ou pior do que o consumo médio de um carro a combustão? Calma, pois é isso que vamos explicar agora.

Consumo do elétrico x consumo a combustão

Imagem: Ralph Hutter/Unsplash
Imagem: Ralph Hutter/Unsplash

Depois de descobrir que o Chevrolet Bolt, um dos primeiros carros elétricos que entraram à venda no Brasil, tem um consumo médio de 15,8 kWh a cada 100 quilômetros rodados, chegou a hora de comparar o resultado com um carro a combustão. Melhor ainda, vamos ajudar a traduzir isso em números para o bolso do consumidor.

Desta vez, no entanto, adicionaremos à fórmula valores genéricos para o combustível (nesse caso, a gasolina) e para o quilowatt/hora de eletricidade. Afinal, tanto o preço do litro do combustível quanto as tarifas utilizadas pelas fornecedoras de energia são diferentes nos vários estados do país.

Para a conta ficar redonda, vamos imaginar que um carro a gasolina rode os mesmos 100 quilômetros que o Chevrolet Bolt e consuma 10 litros de combustível. Isso significa dizer que ele teve uma média de 10 quilômetros percorridos por litro gasto. Na ponta do lápis, supondo que a gasolina custe R$ 5, o gasto do motorista teria sido de R$ 50 para rodar 100 quilômetros.

No caso do carro elétrico, estabelecendo o valor de cada kWh em R$ 0,50, o Chevrolet Bolt teria gasto 15,8 kWh em 100 quilômetros, ou 15,8 x 0,50. Em reais, o gasto deste motorista teria sido de R$ 7,90. Isso é seis vezes menos do que o do proprietário do carro abastecido com gasolina teve que desembolsar.

Gasto equivalente

Imagem: Kelly Sikema/Unsplash
Imagem: Kelly Sikema/Unsplash

Ficou claro como calcular o consumo médio dos carros elétricos e como o gasto, em dinheiro, é bem menor do que nos veículos a combustão, certo? Agora você pode estar se perguntando: “Tudo bem, mas e o gasto equivalente?”. Ou seja: quanto o veículo elétrico gastaria em gasolina para percorrer os 100 quilômetros?

Para responder a essa pergunta e encerrar essa matéria, vamos precisar, mais uma vez, da matemática. Então, pegue sua calculadora e vamos lá. Quantos litros de gasolina é possível comprar com R$ 7,85, dinheiro gasto para rodar 100 quilômetros com o carro elétrico, considerando, vamos lembrar, que o litro do combustível esteja custando R$ 5? Basta dividir 7,85 por 5. O resultado final é 1,57. Isso quer dizer que um carro elétrico gastaria o equivalente a 1,57 litros de gasolina para completar um percurso de 100 quilômetros.

Pensa que acabou? Ainda falta uma continha. Ao dividir os 100 quilômetros do percurso por 1,57 (equivalente em litros de gasolina), temos como resultado 63,69. Esse valor final é o chamado gasto km/le, ou quilômetro por litro equivalente. Ufa! Acabou.

Achou confuso? Pode até parecer, mas é só pegar o jeito. O que dá para afirmar, com ou sem milhares de contas, é que o consumo do carro elétrico realmente é menor do que o dos movidos a combustão. Boa notícia, já que a tendência das montadoras é investir pesado na eletrificação nos próximos anos.

Com informações: Educação Automotiva, Mundo da Elétrica, Chevrolet

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos