Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.933,78
    -180,15 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.072,62
    -654,36 (-1,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,55
    +0,17 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.769,00
    -1,60 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    54.832,09
    -1.366,53 (-2,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.228,30
    -70,66 (-5,44%)
     
  • S&P500

    4.163,26
    -22,21 (-0,53%)
     
  • DOW JONES

    34.077,63
    -123,04 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.000,08
    -19,45 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    28.962,80
    -143,35 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    29.171,25
    -514,12 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    13.920,75
    +23,50 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6811
    +0,0054 (+0,08%)
     

Carro voador elétrico da Embraer levanta voo pela primeira vez; veja como foi

Felipe Ribeiro
·2 minuto de leitura

A Embraer também entrou na corrida da eletrificação da indústria automotiva e apresentou um conceito de carro voador elétrico. Construído sob o conceito eVTOL veículo elétrico de decolagem e pouso vertical, na sigla em inglês, o veículo foi demonstrado pela fabricante brasileira nesta semana pela primeira vez.

O projeto em torno desse veículo não chega a ser uma enorme novidade, uma vez que a Embraer já havia apresentado seu conceito em um evento promovido pela Uber, outra empresa muito interessada em contar com este tipo de veículo para o transporte de passageiros. Para avançar com o desenvolvimento desse carro voador, a Embraer criou a Eve Urban Air Mobility Solutions, uma empresa nova e independente dos demais braços da companhia.

O futuro chegou

Em um primeiro momento, o carro voador da Embraer mais parece um drone gigante do que uma aeronave. Ele conta com oito asas rotativas e duas hélices e é voltado exatamente ao transporte de passageiros. Em um primeiro momento, esse veículo será comandado por um piloto, mas a ideia da empresa é de que ele seja totalmente autônomo no futuro.

Com esse funcionamento em mente, a Embraer trabalha para garantir que, no futuro, as cidades possam ter a mínima condição de receber esses carros. Para tal esforço, deslocou sua empresa recém-criada para criar uma rede de suporte e serviços, como a gestão do tráfego aéreo, que é insano em cidades como São Paulo.

A expectativa da empresa brasileira é que seu novo carro voador seja uma alternativa aos helicópteros. Além disso, ela trabalha em conjunto a empresas como a própria Uber para desenvolver o melhor modelo de negócio. A empresa de caronas, aliás, é uma das mais interessadas no projeto, pois já tem planos de lançar táxis aéreos urbanos em um futuro próximo.

Ainda não há previsão para que o carro voador da Embraer comece a ser produzido, tampouco quando sua operação comercial vai começar.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: