Mercado abrirá em 3 h 58 min
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,66
    +0,75 (+1,06%)
     
  • OURO

    1.859,00
    -20,60 (-1,10%)
     
  • BTC-USD

    39.634,36
    +4.055,48 (+11,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    958,45
    +16,63 (+1,77%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.159,14
    +25,08 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.023,25
    +29,00 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1908
    -0,0018 (-0,03%)
     

Carro voador da Embraer terá teste de modelo em tamanho real ainda este ano

·1 minuto de leitura

A Embraer segue avançando com seu carro elétrico voador (eVTOL) e boas novidades devem ocorrer até o final do ano. Segundo informações apuradas pela Revista Veja, a Eve Urban, startup criada pela empresa para tratar do desenvolvimento deste tipo de veículo, vai realizar testes com uma unidade em tamanho real ainda em 2021.

Os movimentos da Embraer são muito claros com relação a este novo carro voador elétrico. A empresa sabe que tem potencial para ser uma das poucas fabricantes a dominar essa tecnologia e vai aumentar os investimentos dentro do segmento. Não a toa, criou a startup para angariar mais fundos e ter uma aceleração nesse processo.

Além de trabalhar no produto em si, a Embraer também terá de correr atrás de certificações para poder operar com esse veículo no Brasil e no mundo. Sabe-se que algumas empresas, como a Uber e a Hyundai, por exemplo, já trabalham em sua própria versão de eVTOL.

A ideia da Embraer com seu modelo é atender grandes cidades e criar uma espécie de táxi-aéreo mais intimista e eficiente, uma alternativa óbvia aos helicópteros, que são mais barulhentos e poluem mais. Na fase inicial, esse carro voador será pilotado por um motorista habilitado, mas a tendência, assim como em outras empresas, é de que ele seja autônomo ou operado remotamente.

Segundo a publicação, a expectativa da Embraer é de iniciar a operação comercial do seu eVTOL até 2030.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: