Mercado fechará em 4 h 57 min
  • BOVESPA

    98.925,81
    -28,09 (-0,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.267,93
    +524,78 (+1,10%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,47
    +2,04 (+1,88%)
     
  • OURO

    1.811,10
    +9,60 (+0,53%)
     
  • BTC-USD

    19.593,33
    +524,67 (+2,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    423,94
    +3,80 (+0,91%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,86 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.242,53
    +73,88 (+1,03%)
     
  • HANG SENG

    21.830,35
    -29,44 (-0,13%)
     
  • NIKKEI

    26.153,81
    +218,19 (+0,84%)
     
  • NASDAQ

    11.546,00
    -65,25 (-0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5186
    -0,0401 (-0,72%)
     

Carro elétrico fará expedição do Polo Norte ao Polo Sul

Rodas, pneus e suspensão do veículo foram reforçados para a expedição. (Divulgação/Nissan)
Rodas, pneus e suspensão do veículo foram reforçados para a expedição. (Divulgação/Nissan)
  • SUV recebeu algumas modificações para ganhar uma estrutura mais robusta;

  • Essa vai ser a primeira expedição totalmente elétrica já realizada no mundo;

  • Expectativa é mostrar que os veículos elétricos podem enfrentar os ambientes mais inóspitos.

A Nissan vai fazer a primeira expedição indo de um extremo ao outro do globo terrestre com o modelo 100% elétrico. Usando o SUV Ariya em parceria com o aventureiro britânico Chris Ramsey, a fabricante destaca que esta será “a primeira expedição totalmente elétrica já realizada no mundo entre o Polo Norte e o Polo Sul”.

A aventura, batizada de Pole to Pole, terá início em março de 2023 e somará 27 mil quilômetros passando por regiões com temperaturas que podem variar de -30ºC a 30ºC. O trajeto irá do Ártico até a Antártica, percorrendo as Américas do Norte, Central e do Sul.

Para a expedição, o SUV recebeu algumas modificações para ganhar uma estrutura mais robusta, especialmente para lidar com terrenos extremos. Isso inclui rodas, pneus e suspensão reforçados.

“O Ariya é um SUV 100% elétrico que permite que você vá ainda mais longe, com mais conforto e praticidade”, disse Asako Hoshino, vice-presidente executiva e head global de Marketing e Vendas da Nissan.

“E com a tecnologia e-4ORCE de tração integral que oferece ainda mais estabilidade e controle da tração em uma série de superfícies de rodagem, sabemos que ele será o parceiro perfeito para o Chris e sua equipe nesta desafiante jornada 100% elétrica”, completou.

Não é a primeira vez que o britânico se lança numa aventura aos comandos de um carro 100% elétrico. Em 2017 Chris e a sua mulher tornaram-se na primeira equipa a completar o Rali da Mongólia num automóvel 100% elétrico, percorrendo um total de 16 mil quilómetros ao longo de 56 dias no seu próprio Nissan Leaf.

“Nossa missão é mostrar que os veículos elétricos podem enfrentar os ambientes mais inóspitos – desde o frio penetrante dos polos até o calor causticante e a umidade das florestas da América do Sul, demonstrando que eles são emocionantes para dirigir e atendem as necessidades diárias dos motoristas de todo o mundo. É fantástico ter uma importante e inovadora marca global como parceira em nossa expedição”, completou Chris Ramsey.

Mercado

De acordo com a Nissan, o Ariya marca o caminho para o plano da empresa de lançar 12 novos modelos focados em novas tecnologias eletrificadas, conectadas e autônomas, num prazo de 18 meses. Ela prevê, ainda, que as vendas de modelos elétricos e equipados com a tecnologia de eletrificação e-POWER ultrapassarão 1 milhão de unidades anuais até o fim do ano fiscal de 2023.

Até lá, a montadora também pretende lançar tecnologias de condução autônoma em mais de 20 modelos em 20 mercados diferentes, além de vender mais de 1,5 milhão de veículos equipados com esses sistemas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos