Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,50 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.683,55
    -126,66 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    51,98
    -1,15 (-2,16%)
     
  • OURO

    1.855,50
    -10,40 (-0,56%)
     
  • BTC-USD

    32.005,59
    -653,10 (-2,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    651,44
    +41,45 (+6,79%)
     
  • S&P500

    3.841,47
    -11,60 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    30.996,98
    -179,03 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.695,07
    -20,35 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.447,85
    -479,91 (-1,60%)
     
  • NIKKEI

    28.631,45
    -125,41 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.355,25
    -40,25 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6542
    +0,1458 (+2,24%)
     

Carro comprado a partir do dia 15 paga R$ 32,89 a mais de licenciamento em SP

ANA PAULA BRANCO
·3 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL, 06-01- 2020 - Fotos no DETRAN Guarapiranga.  (Foto: Jardiel Carvalho/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL, 06-01- 2020 - Fotos no DETRAN Guarapiranga. (Foto: Jardiel Carvalho/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Detran-SP informou nesta quarta (6) que a taxa e licenciamento para veículos usados será a mesma, independente da data de pagamento. De acordo com departamento de trânsito do estado, o valor será de R$ 98,91 inclusive para veículos 0 km adquiridos até o dia 14 de janeiro.

A taxa de licenciamento com valor atualizado de R$ 131,80 deverá ser paga apenas por veículos 0 km adquiridos a partir de 15 de janeiro. Quem for proprietário de veículo usado terá R$ 32,89 de desconto mesmo se não pagar antecipado.

Inicialmente, o Detran-SP não havia informado que a nova taxa valia apenas para carros 0 km e comprados a partir do dia 15 de janeiro de 2021.

O licenciamento antecipado pode ser pago com o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor), que poderá ser quitado em cota única, com desconto, ou parcelado, conforme vencimento definido pela Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo.

Quem preferir pode aguardar o calendário de licenciamento anual, que começa em 1º de abril e vai até dezembro, exceto para caminhões e tratores, cujos prazos vão de setembro a dezembro.

Se o pagamento não for realizado até o último dia útil do mês referente ao número final da placa, haverá incidência de multa e juros.

Em 2021, não haverá cobrança de taxa do seguro DPVAT, conforme decisão do Conselho Nacional de Seguros Privados.

Neste ano, proprietários de veículos do estado de São Paulo não recebem mais o licenciamento em papel-moeda. Para mostrar que o veículo está regular, o motorista vai apresentar o documento pelo aplicativo de celular "Carteira Digital de Trânsito" ou uma cópia impressa, por conta própria, em papel sulfite branco.

Para licenciar o veículo é preciso informar o número do Renavam e pagar via internet banking, aplicativo ou caixa eletrônico, os débitos do veículo.

Um dia após o recebimento, o CRLV ficará disponível para download e impressão no item "Licenciamento Digital" nos portais do Poupatempo (www.poupatempo.sp.gov.br), Detran.SP (www.detran.sp.gov.br) e Denatran (portalservicos.denatran.serpro.gov.br), além dos aplicativos Poupatempo Digital, Detran.SP e Carteira Digital de Trânsito - CDT.

O porte do documento continua sendo obrigatório, seja de forma digital ou em papel. Se for parado pela polícia e estiver sem o documento em ordem, o motorista poderá ter de pagar uma multa ou até ter o veículo apreendido.

Quem divide o carro poderá compartilhar o documento pelo aplicativo com até cinco motoristas ou imprimir mais de uma cópia do documento com o QR Code de segurança.

Licenciamento de veículos de aluguel

Veículo de uso comercial (categoria aluguel), como táxis, van escolar, caminhão de entrega necessita de autorização para transporte emitida pelo órgão competente (Prefeitura, ARTESP, EMTU, ANTT, DER ou EMBRATUR).

Por causa da pandemia da Covid-19, o Detran-SP prorrogou o prazo que torna obrigatória a apresentação da autorização. Portanto, o veículo poderá ser licenciado para o respectivo exercício, mas terá um bloqueio administrativo no seu cadastro, como medida de segurança, até a apresentação da autorização renovada em uma unidade do Detran-SP ou posto do Poupatempo no município de registro do veículo.

Licenciamento de veículos movidos a GNV

Nos casos de veículos movidos a Gás Natural Veicular - GNV, para que o licenciamento seja expedido é necessária prévia aprovação em inspeção de segurança veicular com a respectiva expedição de CSV (Certificado de Segurança Veicular).