Mercado abrirá em 3 h 22 min
  • BOVESPA

    107.005,22
    +758,07 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.289,91
    +895,88 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,65
    -0,56 (-0,50%)
     
  • OURO

    1.843,90
    +2,70 (+0,15%)
     
  • BTC-USD

    30.245,28
    +1.328,68 (+4,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    674,64
    +22,41 (+3,44%)
     
  • S&P500

    3.900,79
    -22,89 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    31.253,13
    -236,94 (-0,75%)
     
  • FTSE

    7.445,24
    +142,50 (+1,95%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    12.071,75
    +193,50 (+1,63%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2138
    -0,0050 (-0,10%)
     

Carregador de 160 W da Oppo passa por certificação e pode ser vendido no futuro

·2 min de leitura

A Oppo poderá apresentar em breve um novo adaptador capaz de recarregar baterias de forma ainda mais rápida no futuro. Certificações no órgão regulamentador chinês 3C confirmam a existência de um acessório com potência de 160 W, mas algumas características dele ainda são desconhecidas.

Certificação do carregador da Oppo confirma os 160 W (Imagem: Gizmochina)
Certificação do carregador da Oppo confirma os 160 W (Imagem: Gizmochina)

Identificado com o código VCK8HACH, o produto traz tensão de 20 V e corrente de 8 A, o que resulta nos 160 W. Mesmo que sejam capacidades bastante impressionantes, elas ainda ficam abaixo da tecnologia HyperCharge da Xiaomi, apresentada em 2021 — porém, o carregador de 200 W da concorrente nunca chegou a ser comercializado por preocupações quanto ao desgaste da bateria.

Ainda não se sabe qual dispositivo da Oppo poderá trazer suporte para os 160 W oferecidos pelo carregador. O próximo grande lançamento da marca deverá ser o modelo topo de linha Find X5 Pro, mas certificações anteriores já mostraram que ele virá com suporte para recarga de 80 W, e portanto não faria muito sentido disponibilizar o adaptador na caixa desse celular.

Por isso, é bastante provável que esse novo carregador seja disponibilizado apenas em um produto a ser revelado nos meses seguintes. Enquanto isso, outras marcas também estão se empenhando para aumentar a velocidade de carregamento em seus celulares: é o caso da Nubia, que deverá apresentar o Red Magic 7 com suporte para até 165 W.

Mesmo que a solução de 200 W da Xiaomi não tenha sido disponibilizada, a marca vem usando a tecnologia de carregamento rápido a 120 W desde o Mi 10 Ultra lançado em meados de 2020. A potência já foi levada até mesmo ao nicho intermediário pela marca com o Redmi Note 11 Pro Plus vendido na China e o Xiaomi 11i HyperCharge vendido na Índia, devendo se popularizar nos próximos meses enquanto a empresa prepara carregadores ainda mais poderosos para seus modelos mais caros.

Carregamento de 120 W já é implementado em alguns dispositivos da Xiaomi desde 2020 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Carregamento de 120 W já é implementado em alguns dispositivos da Xiaomi desde 2020 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Um desafio que deverá ser enfrentado pelas empresas que desejam implementar o carregamento super rápido é a vida útil das baterias. Em geral, os tanques podem ser degradados de forma mais rápida caso sejam submetidos a estresses mais extremos, o que pode reduzir a autonomia de carga após uma quantidade menor de ciclos. Além disso, as marcas também costumam investir na segurança dos procedimentos, para evitar que o aparelho sofra com superaquecimentos e outros efeitos mais graves durante o processo de recarga.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos