Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.783,90
    +21,20 (+1,20%)
     
  • BTC-USD

    49.559,49
    +1.735,21 (+3,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Carrefour Brasil tem queda de 18% no lucro do 3º tri

·2 min de leitura
Carrinhos de supermercado em loja do Carrefour, em São Paulo.

SÃO PAULO (Reuters) - O Carrefour Brasil divulgou nesta terça-feira lucro líquido ajustado de 621 milhões de reais para o terceiro trimestre, queda de 18% em relação a um ano antes.

A companhia apurou resultado operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado de 1,48 bilhão de reais para o período, crescimento de cerca de 11%.

Analistas, em média, esperavam Ebitda de 1,38 bilhão de reais para o grupo entre julho e setembro, segundo dados da Refinitiv.

O Carrefour Brasil, também dono da maior bandeira de atacarejo do país, Atacadão, teve queda nas vendas mesmas lojas no consolidado do grupo. O recuo, excluindo da conta postos de combustível, foi de 1,8% na comparação com um ano antes, quando o Atacadão apurou crescimento de 25,8%.

A unidade de atacarejo do grupo no terceiro trimestre deste ano entregou vendas mesmas lojas em alta de 2,7% após crescimento de 10,2% nos três meses imediatamente anteriores.

Na semana passada, o GPA divulgou queda nas vendas mesmas lojas do período de 0,3% no Brasil. Já o Assaí publicou no final do mês passado alta de 4,5% nas vendas mesmas lojas.

O Carrefour Brasil afirmou que o Atacadão, sua principal geradora de receitas no país, abriu sete lojas no trimestre, somando 48 aberturas em 12 meses até setembro.

A companhia teve vendas brutas de 20,75 bilhões de reais de julho a setembro, alta anual de 7,7%, pressionada pela queda de 8% das lojas da bandeira Carrefour, que faturaram 5,27 bilhões de reais.

Já o Atacadão, teve crescimento nas vendas brutas de 14,3%, a 15,5 bilhões de reais, destacando o ambiente de deterioração do poder de compra da população em meio a uma inflação de alimentos que chegou a 14,7% em 12 meses até setembro.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos