Mercado abrirá em 58 mins
  • BOVESPA

    128.767,45
    -497,51 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.129,88
    -185,81 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,40
    +0,55 (+0,75%)
     
  • OURO

    1.783,20
    +5,80 (+0,33%)
     
  • BTC-USD

    34.016,28
    +2.401,55 (+7,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    813,96
    +19,63 (+2,47%)
     
  • S&P500

    4.246,44
    +21,65 (+0,51%)
     
  • DOW JONES

    33.945,58
    +68,61 (+0,20%)
     
  • FTSE

    7.109,06
    +19,05 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.262,25
    +4,00 (+0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9252
    +0,0054 (+0,09%)
     

Cargill na trilha de lucro recorde com boom de mercado agrícola

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Cargill, gigante de commodities que é a maior empresa privada dos Estados Unidos, emerge como uma das maiores vencedoras do boom nos mercados agrícolas globais, rumo ao ano mais rentável em 156 anos desde sua fundação.

A empresa registrou lucro líquido de quase US$ 4,3 bilhões durante os primeiros nove meses do ano fiscal, segundo dados divulgados pela trading para acessar o mercado de títulos. Esse número já supera o melhor lucro anual total de todos os tempos.

Muitos no mercado suspeitavam que a Cargill estaria se beneficiando do boom das commodities, mas esta é a primeira vez que dados concretos estão disponíveis. A Cargill interrompeu uma tradição de mais de duas décadas em 2020 e deixou de divulgar resultados. Ainda compartilha dados financeiros com banqueiros e outras entidades. Antes de uma emissão de títulos na semana passada, a empresa revelou dados para investidores de crédito e agências de classificação de risco.

O aumento da demanda por carne, milho e soja impulsionou os mercados agrícolas, trazendo fortes ganhos para produtores e operadoras commodities. Embora isso signifique lucros crescentes para empresas como a Cargill e rivais, também reforça perspectiva de aceleração da inflação de alimentos quando as cadeias de suprimento estão sob pressão e a fome se agrava em vários países.

Os fortes resultados da Cargill ecoam uma tendência em todo o setor de negociação de commodities, que lucrou muito com a volatilidade dos mercados no ano passado. A Vitol Group, maior operadora independente de petróleo do mundo, registrou ganhos recordes em 2020, enquanto a Trafigura, segunda maior trading independente de petróleo e metais, também teve lucro recorde no ano fiscal encerrado em setembro de 2020.

Além do forte lucro líquido, a Cargill disse aos investidores de títulos e agências de rating que o Ebitda cresceu para mais de US$ 7,1 bilhões durante os primeiros nove meses do ano fiscal, também a caminho de atingir um recorde, segundo duas cópias dos dados vistas pela Bloomberg News.

A Fitch Ratings disse em relatório a clientes que a Cargill deve registrar Ebitda anual “pelo menos na faixa superior de US$ 8 bilhões”, o que seria equivalente a um aumento de mais de 30% em relação aos US$ 6,3 bilhões divulgados no ano fiscal de 2020.

Em resposta a um pedido de comentário, um porta-voz da Cargill disse que a empresa não compartilha informações financeiras detalhadas publicamente.

A Cargill registrou lucro líquido pouco acima US$ 3 bilhões no ano fiscal de 2020. O melhor desempenho de todos os tempos da empresa ocorreu no ano fiscal de 2008, quando teve lucro líquido de US$ 3,95 bilhões, de acordo com dados compilados pela Bloomberg News. O ano fiscal da empresa acaba em maio.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos