Mercado fechará em 4 h 3 min
  • BOVESPA

    113.911,73
    +2.727,77 (+2,45%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.492,88
    +115,41 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,47
    +2,19 (+3,57%)
     
  • OURO

    1.718,30
    +2,50 (+0,15%)
     
  • BTC-USD

    49.631,65
    -1.277,75 (-2,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    994,78
    +7,57 (+0,77%)
     
  • S&P500

    3.821,97
    +2,25 (+0,06%)
     
  • DOW JONES

    31.288,94
    +18,85 (+0,06%)
     
  • FTSE

    6.641,68
    -33,79 (-0,51%)
     
  • HANG SENG

    29.236,79
    -643,63 (-2,15%)
     
  • NIKKEI

    28.930,11
    -628,99 (-2,13%)
     
  • NASDAQ

    12.749,50
    +67,75 (+0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7458
    -0,0329 (-0,49%)
     

Carga de insumos para 8,6 milhões de doses da CoronaVac desembarca em São Paulo

Natalie Rosa
·2 minuto de leitura

Na noite da última quarta-feira (3), chegou ao Brasil, no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, um avião com 5,4 mil litros de insumos para a fabricação da vacina CoronaVac. A chegada do material promete facilitar o processo de vacinação contra a COVID-19 com as doses da Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

O avião foi recebido pelas equipes da Receita Federal, Polícia Federal e Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), e a carga foi enviada à capital São Paulo na manhã desta quinta-feira (4). Também esteve no aeroporto o governador do estado, João Doria, além de Jean Gorinchteyn, secretário de Saúde, e Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, que disse à imprensa que irá trabalhar para que as novas vacinas sejam disponibilizadas o mais rápido possível.

<em>Imagem: Reprodução/Amanda Perobelli/Reuters</em>
Imagem: Reprodução/Amanda Perobelli/Reuters

"Vão chegar mais insumos na semana que vem, no dia 10, e até o final do mês esperamos mais 10 mil litros. Então não pararemos até entregar todo o quantitativo de 100 milhões de doses, que deve ser até agosto, começo de setembro", disse o diretor. Com os insumos, será possível fabricar aproximadamente 8,6 milhões de doses da vacina, que irão passar por todo o processo de envase e rotulação também em São Paulo.

As doses do imunizante produzidas com o lote que acabou de chegar serão então entregues ao Ministério da Saúde no próximo dia 25 de fevereiro. Outros 5,6 mil litros devem chegar na semana que vem, no dia 10, mas ainda estão em processo de liberação pelo governo da China.

Até abril, o objetivo do Instituto Butantan é receber insumos para a fabricação de mais 40 milhões de doses, totalizando 46 milhões com as que já chegaram da China prontas para a aplicação. No momento, o Ministério da Saúde está negociando o recebimento de mais de oito mil litros de insumo para que mais 54 milhões de doses do imunizante CoronaVac sejam produzidas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: