Mercado fechado

Carga horária excessiva fez Ruby Rose abandonar Batwoman, aponta rumor

Rafael Arbulu

A saída de Ruby Rose da série Batwoman, baseada na personagem homônima da DC Comics, pegou a indústria do entretenimento de surpresa. Afinal, não é todo dia que a atriz principal de uma série simplesmente deixa o show em que é protagonista sem dizer um motivo. Uma reportagem da Variety, porém, alega ter descoberto justamente a razão pela qual Rose deixou a produção após sua primeira temporada.

De acordo com a revista norte-americana, Ruby Rose estaria infeliz com a quantidade de horas necessárias para dar vida à personagem Katherine “Kate” Kane, o alter ego da Batwoman na série, “o que teria levado a atritos no set”, segundo diversas fontes ouvidas pela publicação.

Boatos anteriores davam conta de que a saída de Rose se deu por questões de saúde: a atriz recentemente passou por algumas cirurgias de correção de hérnias de disco. A Variety desmente isso, atribuindo às suas fontes a afirmação de que a saída da atriz não teve nada a ver com questões hospitalares.

Ruby Rose, como Batwoman: atriz despediu-se da série após uma temporada, mas sem atribuir um motivo específico à sua saída (Imagem: Divulgação/CW)

Batwoman teve sua primeira temporada finalizada recentemente, com um final que introduziu um novo vilão, servindo como gancho para seu segundo ano. A nova temporada tem previsão de estreia em algum momento de 2021, mas datas mais exatas ainda não foram informadas pela Warner nem pela DC. Ademais, devido ao avanço da pandemia da COVID-19, é provável que as filmagens comecem bem mais tarde que o esperado.

A questão da saída de Rose também deve atrapalhar o calendário da série, já que toda produção desse tipo precisa, bem, de um protagonista. Em sua despedida, Ruby Rose enalteceu a equipe com quem trabalhou, agradecendo a todos e mostrando simpatia e respeito por eles. Do lado da Warner e da DC, as empresas já disseram estar à procura de uma nova atriz para “herdar o manto” da heroína. A preferência é que a escolhida seja uma pessoa de alta representatividade para o público LGBTQIA+, haja vista que Kate Kane é homossexual, de acordo com suas reproduções mais recentes nos quadrinhos.

A série Batwoman é uma produção da emissora norte-americana CW e faz parte do chamado "Arrowverso", ao qual pertencem também Flash, Lendas do Amanhã, Supergirl e a finada Arrow. No Brasil, a série é exibida pelo canal por assinatura Warner Channel.

Fonte: Canaltech