Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    48.683,96
    -2.069,67 (-4,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Capital paulista e cinco cidades do ABC vão manter feriado de Tiradentes nesta quarta (21)

ALFREDO HENRIQUE
·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A capital paulista e mais cinco cidades do ABC --São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá e Ribeirão Pires-- irão manter o feriado de Tiradentes, que será celebrado nesta quarta-feira (21). Entretanto, em Santo André e Rio Grande da Serra não haverá feriado, pois eles foram antecipados nessas cidades no mês passado. A dúvida sobre se o feriado está valendo ocorre pelo fato de as sete cidades do ABC, além da capital paulista, terem antecipado em março alguns feriados, criando os chamados feriadões, com o intuito de diminuir a circulação de pessoas nas ruas e, consequentemente, as infecções, mortes e internações decorrentes do novo coronavírus. Na cidade de São Paulo, por exemplo, a ideia foi juntar os feriados antecipados a dois fins de semana, além da Páscoa, criando dez dias de vacância no município. Os cinco feriados antecipados foram o de Corpus Christi e do Dia da Consciência Negra de 2021 e os feriados do aniversário de São Paulo, de Corpus Christi e do Dia da Consciência Negra de 2022. O dia 2 de abril, feriado de Sexta-Feira Santa, fechou o pacotão de folgas. A antecipação de feriados também aconteceu no ano passado. Segundo a Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB), a expectativa para este ano era a de que o índice de isolamento passasse dos 60%, que não foi alcançado durante o feriadão, ocorrido entre 22 de março a 2 de abril. O maior registro de isolamento foi de 50%, ocorrido em 28 de março, um domingo, de acordo com monitoramento feito pelo governo estadual, gestão João Doria (PSDB). Seguindo a capital paulista, o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, que reúne os sete municípios da região, também decidiu na ocasião antecipar feriados como forma de frear o avanço de infecções e mortes provocadas pela Covid-19.