Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.247,15
    -2.542,18 (-2,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.394,03
    -1.070,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,15
    -0,44 (-0,40%)
     
  • OURO

    1.815,30
    -0,60 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    29.048,21
    -1.417,00 (-4,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,57
    -20,11 (-3,00%)
     
  • S&P500

    3.923,68
    -165,17 (-4,04%)
     
  • DOW JONES

    31.490,07
    -1.164,52 (-3,57%)
     
  • FTSE

    7.438,09
    -80,26 (-1,07%)
     
  • HANG SENG

    20.644,28
    +41,76 (+0,20%)
     
  • NIKKEI

    26.911,20
    +251,45 (+0,94%)
     
  • NASDAQ

    11.906,75
    -28,75 (-0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2227
    +0,0044 (+0,08%)
     

Caos cripto gera medo de contágio através de traders amadores

(Bloomberg) -- As criptomoedas já foram defendidas como um hedge de risco. Agora parecem mais um espalhador de risco.

Com mercados em queda generalizada na quinta-feira, operadores apontaram o caos nas criptomoedas como um ponto focal de suas preocupações.

Estrategistas estão cada vez mais preocupados com o fato de que os traders amadores, que já sofrem com as perdas das chamadas meme stocks, percam quase tudo com criptomoedas e vendam todo o resto de seus portfólios.

“O contágio nesse caso não é por meio de ligações entre o ecossistema de criptomoedas e o sistema financeiro tradicional, mas por meio do sentimento dos investidores de varejo”, disse Nikolaos Panigirtzoglou, estrategista de mercado global do JPMorgan. “Se a perda de capital de US$ 1 trilhão nos mercados de criptomoedas causar uma retirada ampla de investidores de varejo de outros ativos de risco, como ações, é aí que ocorre o transbordamento”.

Todo o espaço cripto ficou sob extrema pressão esta semana, com o Bitcoin caindo abaixo de US$ 30.000 e a stablecoin TerraUSD caindo abaixo do dólar. Os movimentos alimentaram dúvidas sobre o Tether, a maior stablecoin, e a estabilidade dos ativos digitais.

Os traders de outros mercados ficaram atentos às reverberações das criptomoedas e ao que o movimento de queda significa para o sentimento de risco. Os preços dos ativos também foram atingidos na quinta-feira pela inflação nos EUA mais alta do que o esperado.

“Hoje há um novo fator de queda que entrou em jogo: o colapso das criptomoedas”, escreveu. Malcolm Freeman, diretor da Kingdom Futures.

“Os investidores estão perdendo quase tudo em muitos casos e a pergunta é: esses investidores também estão envolvidos em ações? Porque se eles correrem para a saída, os investidores em metais perceberão e provavelmente seguirão na mesma direção”, disse.

O Bitcoin chegou a cair perto de US$ 25.000 na quinta-feira. No geral, a liquidação de criptomoedas eliminou mais de US$ 200 bilhões em valor de mercado em apenas 24 horas, de acordo com estimativas do site de rastreamento de preços CoinMarketCap.

“Você teve o Terra no início da semana e agora temos o Tether sendo sugado e isso está causando choque”, disse Chris Turner, chefe de estratégia de câmbio no ING. “Há um frisson de incerteza nos mercados de câmbio, e é por isso que o iene está indo tão bem.”

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos