Mercado abrirá em 1 h 49 min
  • BOVESPA

    106.924,18
    +1.236,18 (+1,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.579,90
    +270,60 (+0,55%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,29
    -1,20 (-1,09%)
     
  • OURO

    1.804,50
    -3,70 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    30.091,01
    +203,27 (+0,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    674,05
    -7,05 (-1,04%)
     
  • S&P500

    4.023,89
    +93,81 (+2,39%)
     
  • DOW JONES

    32.196,66
    +466,36 (+1,47%)
     
  • FTSE

    7.419,73
    +1,58 (+0,02%)
     
  • HANG SENG

    19.950,21
    +51,44 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    26.547,05
    +119,40 (+0,45%)
     
  • NASDAQ

    12.322,00
    -60,75 (-0,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2826
    +0,0235 (+0,45%)
     

Caoa Chery demite funcionários, pausa produção e tira carro de linha no Brasil

A Caoa Chery surpreendeu o mercado automotivo nesta sexta-feira (6), mas não com o lançamento de um novo carro, e sim com notícias não muito agradáveis. A montadora sino-brasileira anunciou que demitirá boa parte do quadro de funcionários da planta de Jacareí, no interior de São Paulo.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e região, a Caoa Chery teria informado que fecharia definitivamente as instalações e demitiria os 480 funcionários que hoje trabalham no local.

Ao que tudo indica, a fábrica ficará fechada por um longo período, mas não de forma definitiva. A ideia é adaptar as instalações para a produção de futuros carros com tecnologias híbridas e elétricas, e retomar as atividades em 2025.

“A suspensão das atividades tem como objetivo ajustar os processos produtivos da planta para novos modelos com tecnologias híbridas e elétricas, visando a modernização e atualização das linhas de produção”, resumiu a Caoa Chery.

Tiggo 3x não será mais produzido pela Caoa Chery (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)
Tiggo 3x não será mais produzido pela Caoa Chery (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Diante do fechamento temporário das instalações em Jacareí, a produção dos SUVs Tiggo 5X, Tiggo 7 Pro e Tiggo 8 será transferida para a fábrica de Anápolis, em Goiânia, mesmo local em que também são fabricados alguns modelos da Hyundai.

Adeus, Tiggo 3x

Na mesma reunião com a diretoria do sindicato da região, os executivos da Caoa confirmaram que o Tiggo 3x, carro que chegou ao mercado brasileiro em 2021, não será mais produzido e sairá de linha.

Além do SUV compacto, a Caoa Chery também não produzirá mais os sedans Arrizo 6 e Arrizo 6 Pro no Brasil. Os dois continuarão no lineup da montadora, mas precisarão ser importados da China aos clientes interessados.

Com informações: Sindicato dos Metalurgicos de São José dos Campos e G1

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos