Mercado fechará em 2 h 56 min
  • BOVESPA

    107.406,77
    -1.044,43 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.602,67
    +160,46 (+0,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,83
    +0,68 (+0,83%)
     
  • OURO

    1.668,10
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    19.474,30
    -35,04 (-0,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    444,94
    -1,04 (-0,23%)
     
  • S&P500

    3.632,28
    -86,76 (-2,33%)
     
  • DOW JONES

    29.155,98
    -527,76 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.881,59
    -123,80 (-1,77%)
     
  • HANG SENG

    17.165,87
    -85,01 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    26.422,05
    +248,07 (+0,95%)
     
  • NASDAQ

    11.209,00
    -346,75 (-3,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2758
    +0,0432 (+0,83%)
     

Cão-robô fará a segurança do Rock in Rio

Tecnologia foi utilizada na versão europeia do festival Rock in Rio (Divulgação)
Tecnologia foi utilizada na versão europeia do festival Rock in Rio (Divulgação)
  • Rock in Rio aposta em cães-robôs

  • Ele vai utilizar a recente conexão 5G

  • Internautas comparam criação com episódio de Black Mirror

Parece um episódio de Black Mirror mas é só a organização do Rock in Rio: um dos maiores festivais de música do Brasil anunciou que vai utilizar, em parceria com a companhia de segurança SegurPro, o cão robô Yellow, criado pela Boston Dynamics. O Yellow também foi utilizado também na versão portuguesa da realização.

O robô vai utilizar a recente conexão 5G para coletar e enviar uma série de dados em tempo real. A invenção de quatro patas tem como objetivo reduzir os riscos aos seres humanos em casos de alta exposição como desarme de bombas e brigas. Ele ainda tem câmeras que se comunicam com o Centro de Controle Operacional da SegurPro (CCO).

As máquinas, que lembram cachorros robóticos, objetivo de oferecer possibilidades para indústria e funções de alto risco ou que coloquem a integridade de seres humanos em perigo.

Além disso, o Rock in Rio 2022 também vai utilizar dois radares perimetrais na Cidade do Rock , conhecidos como um software de reconhecimento facial.

Apesar do entusiasmo da organização, a invenção causou desconfiança e memes nas redes sociais. O cão está sendo comparado, inclusive, com os robôs do episódio “Metalhead” da quarta temporada da série “Black Mirror“. Na série, os bichinhos metálicos caçam os seres humanos sobreviventes de um futuro pós-apocalíptico.

Já outras pessoas estão preocupadas com a segurança do próprio cãozinho. "Notícias no dia seguinte: cão robô é quebrado/ cão robô é furtado", brincou um internauta. Resta esperar para ver se os guardas adestrados vão conseguir cumprir a missão sem grandes incidentes (e sem virar inspiração para série distópica).

Veja o que as pessoas estão falando sobre o assunto nas redes sociais