Mercado abrirá em 7 h 48 min

Candidatos já gastaram R$ 158 milhões com 'autodoações' nas eleições

(Renato S. Cerqueira/Futura Press)

Dados do Tribunal Superior Eleitoral, o TSE, mostram que os candidatos que participam dessas eleições já doaram mais de R$ 158 milhões às próprias campanhas. O líder nas autodoações é Henrique Meirelles, candidato à presidência pelo MDB, que já investiu R$ 45 milhões em sua campanha.

Em segundo lugar no ranking de doações a si mesmo aparece o candidato Carlos Amastha (PSB), candidato do PSB ao governo de Tocantins. Juntos, ele e o candidato a vice-governador Oswaldo Stival (PSDB) doaram R$ 2,9 milhões, metade de cada um.

O candidato Fernando Marques, do Solidariedade, candidato ao senado pelo Distrito Federal, doou R$ 2 milhões para sua própria campanha. Apesar de alto, o valor é “pouco” comparado ao seu patrimônio. Em declaração à Justiça Eleitoral, ele listou um patrimônio de R$ 668 milhões.

Veja quem mais se ‘autodoou’:

  • Henrique Meirelles (MDB) – R$ 45 milhões
  • Carlos Amastha (PSB) – R$ 2,9 milhões
  • Fernando Marques (SD) – R$ 2 milhões
  • Professor Oriovisto Guimarães (PODE) – R$ 1,9 milhão
  • Ibaneis (MDB) – R$ 1,8 milhão