Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.182,52
    +1.140,05 (+1,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.286,39
    +381,33 (+0,91%)
     
  • PETROLEO CRU

    42,90
    +0,48 (+1,13%)
     
  • OURO

    1.835,70
    -36,70 (-1,96%)
     
  • BTC-USD

    18.298,30
    -156,44 (-0,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    361,65
    +0,23 (+0,06%)
     
  • S&P500

    3.567,99
    +10,45 (+0,29%)
     
  • DOW JONES

    29.507,24
    +243,76 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.333,84
    -17,61 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    26.486,20
    +34,66 (+0,13%)
     
  • NIKKEI

    25.527,37
    -106,93 (-0,42%)
     
  • NASDAQ

    11.882,75
    -23,00 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4442
    +0,0643 (+1,01%)
     

Candidato a vereador é morto a tiros na Bahia; polícia investiga atentado

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
Cláudio Castro, candidato a vereador assassinado em Correntina (BA)
Cláudio Castro, candidato a vereador assassinado em Correntina (BA)

José Cláudio Castro de Souza, candidato do PL a vereador em Correntina (oeste da Bahia), foi assassinado com oito tiros em frente à sua casa, na noite de sexta-feira (13). Ele era casado e tinha 50 anos.

A polícia descarta a hipótese de latrocínio, já que nada foi roubado da vítima. A principal linha de investigação é que o crime pode ter sido encomendado.

Leia também

Ao portal G1, o delegado Elyvisson Rodrigo afirmou que, segundo testemunhas, o candidato estava sentado na calçada quando duas pessoas chegaram em uma moto e dispararam contra ele. José Cláudio chegou a correr para entrar na residência, mas foi perseguido pela dupla e baleado.

A coligação à qual Cláudio Castro pertencia, formada por PL e Avante, publicou uma nota de pesar e pediu Justiça pela solução do crime. Abatido, o candidato a prefeito Walter Mariano Messias de Souza cancelou a carreata prevista para ocorrer neste sábado.

“Estou em casa sem dormir, sem entender o que aconteceu com o nosso irmão, o nosso companheiro Cláudio Castro. O mais importante agora é darmos apoio total à família. Cancelei a carreata pedindo a Deus que dê um bom lugar ao nosso amigo, nosso irmão Cláudio Castro. Quero pedir a Deus que dê paz a Correntina, a todas as nossas famílias, e que nos proteja de todo o mal. A dor é muito grande”, lamentou.