Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.292,96
    +414,43 (+0,37%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.972,04
    +297,21 (+0,68%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,52
    +0,24 (+0,53%)
     
  • OURO

    1.844,40
    +14,20 (+0,78%)
     
  • BTC-USD

    19.357,82
    +408,92 (+2,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    380,25
    +5,84 (+1,56%)
     
  • S&P500

    3.659,97
    -9,04 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    29.903,68
    +19,89 (+0,07%)
     
  • FTSE

    6.490,27
    +26,88 (+0,42%)
     
  • HANG SENG

    26.728,50
    +195,92 (+0,74%)
     
  • NIKKEI

    26.809,37
    +8,39 (+0,03%)
     
  • NASDAQ

    12.488,50
    +34,25 (+0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2637
    -0,0561 (-0,89%)
     

Candidato cai em rio durante gravação de propaganda eleitoral, e vídeo viraliza

Adriana Mendes
·1 minuto de leitura

A imagem do candidato Julian Cuadal Soares (PDT) caindo no rio enquanto fazia uma gravação para campanha eleitoral, em Rondônia, viralizou na internet. O próprio candidato, que disputa a prefeitura de Ji-Paraná,(RO), cidade localizada a 375 quilômetros de Porto Velho, acabou compartilhando a cena em redes sociais.

Em um post no Facebook, o candidato ri do ocorrido no fim de semana. Ele disse que foi vítima de uma "vídeocassetada" e que, diante do cansaço e até de uma tontura, se desequilibrou. Soares gravava às margens do rio Machado, que corta a cidade.

- Eu acho que tomar banho no Rio Machado sempre faz bem a minha alma, sempre fez muito bem - disse Soares, completando: - Foi uma videocassetada, mas é bom a gente dá risada. Eu ri junto, quase perdi a voz de tanta gargalhada - afirmou.

Julian Cuadal entrou na disputa eleitoral em Ji-Paraná após a renúncia do prefeito Macito Pinto (PDT), preso dia 25 de setembro pela Polícia Federal durante a operação Reciclagem, que investiga crimes contra a administração pública.