Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    58.006,66
    -608,93 (-1,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Candidata a vacina da Valneva mira potencial de doses de reforço

Suzi Ring
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Enquanto a batalha global contra a Covid-19 se intensifica, uma pequena empresa francesa de biotecnologia tem uma solução possível para a guerra de longo prazo contra o coronavírus e suas mutações que se propagam rapidamente.

A Valneva tem uma vacina que poderia ser mais resistente a variantes, o que seria uma vantagem sobre outros imunizantes no que pode ser uma campanha anual contra uma doença que já matou mais de 3 milhões de pessoas. O primeiro participante dos ensaios de fase três receberá uma dose da vacina esta semana. Se bem-sucedido, o imunizante poderia receber aprovação no quarto trimestre.

A vacina da Valneva é a única candidata em ensaios clínicos na Europa que usa uma tecnologia testada e comprovada com uma versão inativada de todo o vírus como alvo. Vacinas inativadas - uma abordagem centenária adotada para gripe e poliomielite - coletam uma amostra da doença que foi eliminada e a usam para estimular uma resposta imunológica sem criar infecção.

Com todas as outras vacinas contra a Covid-19 na região focadas na chamada proteína spike do coronavírus, o imunizante pode proteger contra variantes que podem comprometer outros, tornando-se o reforço perfeito.

A empresa já tem acordo com o Reino Unido para fornecer até 190 milhões de doses. Kate Bingham, ex-chefe da Vaccine Taskforce do Reino Unido, diz que se a vacina der resultado, provavelmente será usada como reforço no inverno para adultos idosos.

“Ter esse patrimônio antigênico mais amplo de uma vacina a partir do vírus inteiro é realmente importante”, disse. “Os vírus sofrem mutação. Portanto, ao ter uma resposta imunológica mais ampla, que obtemos com uma vacina completa, podemos fornecer essa proteção contínua.”

As implicações para a saúde em um mundo pós-Covid são enormes. E para a Valneva, com uma listagem de US$ 100 milhões planejada na Nasdaq este ano, as apostas são altas. O contrato com o Reino Unido é avaliado em até 1,4 bilhão de euros (US$ 1,7 bilhão), mais de 10 vezes sua receita anual no ano passado.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.