Mercado abrirá em 2 h 25 min
  • BOVESPA

    97.926,34
    -2.294,29 (-2,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.827,93
    +277,53 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,49
    -2,47 (-3,53%)
     
  • OURO

    1.999,30
    +3,40 (+0,17%)
     
  • Bitcoin USD

    28.044,57
    +336,46 (+1,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    611,20
    +13,74 (+2,30%)
     
  • S&P500

    3.948,72
    +11,75 (+0,30%)
     
  • DOW JONES

    32.105,25
    +75,14 (+0,23%)
     
  • FTSE

    7.358,93
    -140,67 (-1,88%)
     
  • HANG SENG

    19.915,68
    -133,96 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    27.385,25
    -34,36 (-0,13%)
     
  • NASDAQ

    12.799,50
    -54,50 (-0,42%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6753
    -0,0547 (-0,95%)
     

Canal Canary | Microsoft anuncia nova modalidade de testes do Windows

O Windows 11 terá mais um canal para experimentação de recursos antes do lançamento. O “Canal Canary” (mesma nomenclatura adotada para o “Edge Canary”, por exemplo) será o primeiro estágio de testes de qualquer funcionalidade do sistema operacional, oferecendo a chance de experimentar ferramentas em estágio ainda mais preliminar.

A novidade anunciada nesta semana muda o fluxo de atualizações do programa Windows Insider, antes composto pelos canais Dev, Beta e Prévia de Lançamento. Agora, com mais uma alternativa disponível, funcionalidades inéditas passarão a ser experimentadas pelo público interessado com maior antecedência.

O Canal Canary será o primeiro estágio de experimentação de novas funções do Windows (Imagem: Reprodução/Microsoft)
O Canal Canary será o primeiro estágio de experimentação de novas funções do Windows (Imagem: Reprodução/Microsoft)

“O novo Canal Canary será o local para visualizar as mudanças de plataforma que exigem mais tempo antes de serem lançadas para os clientes”, pontuou a chefe do programa Windows Insider na Microsoft, Amanda Langowski, na publicação de anúncio.

O Canary será “o lugar para conferir mudanças na plataforma que requerem mais tempo de preparação” até chegar ao público geral. Testadores com essa compilação poderão conferir mudanças no kernel e novas APIs, por exemplo, em primeira mão.

“Isso é muito semelhante ao que veiculamos no Canal Dev no passado”, pontuou a executiva. “E, assim como no Canal Dev, algumas das alterações nunca serão lançadas e outras podem aparecer em versões futuras do Windows quando estiverem prontas”, complementou.

A identificação das compilações no Canal Canary terão números maiores do que as encaminhadas para os demais canais, começando a partir da build número “25000”.

Novo fluxo de atualizações de testes do Windows

Todos os testadores inscritos no Canal Dev serão automaticamente realocados para o Canal Canary — o processo de migração acontece desde a segunda-feira (6). Quando for redirecionado, o usuário receberá uma notificação no sistema operacional e por e-mail em que serão oferecidas opções para trocar para um canal mais estável (o processo requer a reinstalação limpa do Windows).

As atualizações encaminhadas para o Canal Canary serão as menos estáveis de todas as outras edições prévias. A Microsoft ressalta que não haverá muito processo de validação e verificação dos pacotes, portanto eles estarão sujeitos a mais bugs e erros sem solução do que as demais versões.

É importante ter isso em mente ao adotar o Canal Canary, já que é possível que compilações façam seu PC parar de ligar devidamente, por exemplo. A própria MS ressalta que, em “raras ocasiões”, pode ser necessário reinstalar o sistema.

Outra característica importante do Canal Canary será a documentação mais escassa. A Microsoft não publicará notas de atualização para cada nova compilação experimental, diferente do que faz para as versões Dev, Beta e Prévia de Lançamento.

Canal Dev refeito do zero

Agora que o Canary assume o papel de versão mais instável do Windows, o Canal Dev foi repaginado. De acordo com a Microsoft, ele servirá para “testar novas ideias e prévias de novos recursos e experiências que não estão atreladas a nenhuma outra versão do Windows”.

O Canal Canary é aberto para todos, mas a Microsoft recomenda que só os usuários com maior conhecimento técnico se inscrevam nele (Imagem: Reprodução/Microsoft)
O Canal Canary é aberto para todos, mas a Microsoft recomenda que só os usuários com maior conhecimento técnico se inscrevam nele (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Assim como antes, novidades implementadas no Canal Dev podem nunca sair do papel — mas as chances de serem lançadas devem ser um pouco maiores. Além disso, em alguns casos, é possível que essas funções já tenham aparecido no Canal Canary.

De agora em diante, os testadores do Canal Dev receberão builds de número “23000”, enquanto os inscritos no Canal Beta ficarão com pacotes “22000”.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: