Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.842,09
    +468,49 (+1,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Canadá registra temperatura de quase 50°C e mais de 200 casos de morte súbita

·1 minuto de leitura

Enquanto no hemisfério Sul o inverno chegou trazendo temperaturas baixas e próximas a zero grau em algumas regiões, no hemisfério Norte o calor está ainda mais extremo, chegando a provocar mortes súbitas. Nos últimos dias, a população da província canadense Colúmbia Britânica vem sofrendo com temperaturas próximas a 50°C, que já deixaram 233 mortos desde sexta-feira (25), sendo a maioria das vítimas pessoas idosas.

Na terça-feira (29), na região de Lytton, os termômetros chegaram à temperatura recorde de 49,6°C. Lisa Lapointe, legista-chefe da província, contou à imprensa que desde o início da onda de calor da semana passada, o país vem experienciando um aumento significativo em mortes, oque é preocupante caso o calor extremo continue.

<em>Imagem: Reprodução/Gerd Altmann/Pixabay</em>
Imagem: Reprodução/Gerd Altmann/Pixabay

De acordo com especialistas em clima, a duração e a intensidade da onda de calor pode ser atribuída ao aumento das temperaturas globais. " A grande lição que aprendemos nos últimos dias é que a crise climática não é uma ficção. É absolutamente real", disse John Horgan, primeiro-ministro da Colúmbia Britânica.

A onda de calor vem prejudicando a vida de pessoas e de animais, que acabam saindo em busca de uma forma de se refrescar, além de trazer danos aos fazendeiros que acabam perdendo suas plantações. A recomendação das autoridades para os dias de calor extremo é que as pessoas permaneçam dentro de casa o máximo possível, ainda que muitas casas não tenham sistema de ar-condicionado, e se mantenham hidratadas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos