Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    55.038,65
    -7.235,56 (-11,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6943
    -0,0268 (-0,40%)
     

Canadá recomenda vacina da AstraZeneca apenas para maiores de 55 anos

·1 minuto de leitura
Trabalhador de saúde prepara dose de vacina da AstraZeneca em centro de imunização em Madri, 24 de março de 2021

Um comitê científico que assessora o governo canadense sobre as vacinas contra a covid-19 recomendou nesta segunda-feira (29) que se interrompa a aplicação do imunizante da AstraZeneca em pessoas menores de 55 anos, disse à AFP uma fonte governamental.

As províncias de Manitoba e Quebec foram as primeiras a atender à recomendação do Comitê Assessor Nacional sobre Imunização e Saúde (NACI), tomada depois da publicação de várias informações de pessoas que tiveram coágulos sanguíneos após tomarem a vacina em outros países.

Os médicos do comitê deveriam dar mais informações ao longo da tarde.

"Até agora, não houve casos (de coágulos) reportados no Canadá", informou a agência de saúde pública canadense em um comunicado. "No entanto, através da nossa colaboração internacional, a Health Canada soube que se registraram casos adicionais destes eventos na Europa".

O comitê já pediu anteriormente este mês que fossem aplicadas as vacinas da AstraZeneca apenas em pessoas com idades entre 18 e 64 anos, embora depois tenha revisado sua recomendação para incluir pessoas de 65 anos ou mais.

O Canadá deve receber nesta terça-feira 1,5 milhão de doses da AstraZeneca procedentes dos Estados Unidos, que ainda deve aprovar seu uso doméstico.

Além disso, o país encomendou 20 milhões de doses de vacinas do laboratório anglo-sueco, bem como outros dois milhões de doses da mesma vacina, elaborada pelo Instituto Serum da Índia.

A vacina da AstraZeneca sofreu vários reveses, com o Reino Unido - onde foi desenvolvida - apoiando incondicionalmente seu uso, a África do Sul rejeitando-a e mais de uma dezena de países suspendendo sua aplicação em meados de março antes de restabelecê-la de novo impondo, em alguns casos, limites de idade.

amc/ft/mls-rs/dga/mvv