Mercado fechado

Canabidiol pode reduzir ansiedade, aponta pequeno estudo

Cientistas norte-americanos testaram os efeitos do canabidiol (CBD), um dos compostos da plantas Cannabis sativa que não provoca efeitos psicoativos, para o controle da ansiedade. No pequeno experimento, a terapia demonstrou ser promissora, mas os efeitos ansiolíticos ainda devem ser melhor investigados.

Publicado na revista científica Communications Medicine, o estudo sobre os efeitos do CBD da cannabis no controle da ansiedade foram liderados por pesquisadores da Harvard Medical School e do McLean Hospital Imaging Center, ambos localizados nos Estados Unidos.

Canabidiol como ansiolítico: entenda o estudo

Estudo revela que CBD da cannabis pode reduzir os níveis de ansiedade (Imagem: CBD Infos/Unsplash)
Estudo revela que CBD da cannabis pode reduzir os níveis de ansiedade (Imagem: CBD Infos/Unsplash)

No estudo sobre o efeito ansiolítico do CBD da cannabis, os pesquisadores recrutaram 14 pacientes com mais de 18 anos, que apresentavam níveis moderados ou graves de ansiedade. Durante as 4 semanas do experimento, todos os voluntários usaram o composto diariamente.

Vale observar que a metodologia do estudo não adotou o método duplo-cego — este é o padrão-ouro das pesquisas clínicas. Resumindo, "todos os pacientes sabiam estar recebendo CBD", explicam os autores do estudo.

Após o experimento, "os pacientes relataram redução da ansiedade, bem como melhorias no humor, sono, qualidade de vida", pontuam os cientistas. Também foi identificado aumento da capacidade de autocontrole e de pensar com flexibilidade.

"A ansiedade é significativamente reduzida na quarta semana em relação à linha de base. A resposta ao tratamento clinicamente significativa (redução dos sintomas ≥ 15%) é alcançada e mantida já na primeira semana para a maioria dos pacientes", acrescentam.

Durante o pequeno estudo, nenhum voluntário desistiu da pesquisa e casos de intoxicação ou de eventos adversos graves não foram relatados.

Próximo passo da pesquisa com CBD para o tratamento da ansiedade

Apesar dos resultados promissores, os cientistas entendem que estudos mais completos ainda devem investigar os efeitos do CBD para o tratamento da ansiedade. "Uma avaliação definitiva do impacto deste novo tratamento nos sintomas clínicos e na cognição será determinada no estágio duplo-cego controlado por placebo em andamento", completam.

Anteriormente, pesquisadores da University of Melbourne, na Austrália, testaram o uso do CDB para fins ansiolíticos por 12 semanas em adolescentes e jovens adultos. Neste caso, os resultados também foram positivos. Além disso, episódios de ataques de pânico foram reduzidos no grupo que usou o composto.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: