Mercado fechado

Campos Neto não vai participar do Fórum Econômico Mundial

Estevão Taiar

A participação do presidente do BC no evento não havia sido confirmada oficialmente, mas sua presença era esperada O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, não participará do Fórum Econômico Mundial, que será realizado na semana que vem, em Davos, na Suíça. A informação foi divulgada na tarde desta quinta-feira (16) pelo BC, que afirmou não haver “nenhum motivo específico” para a ausência do presidente da autoridade monetária.

A participação de Campos Neto no evento não havia sido confirmada oficialmente, mas sua presença era esperada, como publicado pelo Valor em dezembro.

O presidente Jair Bolsonaro também não comparecerá ao Fórum. Conforme publicado pelo Valor, na semana passada, a viagem de Bolsonaro foi cancelada por motivos de segurança, ligados à tensão entre Estados Unidos e Irã.

Por sua vez, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o secretário especial de comércio exterior e assuntos internacionais do ministério, Marcos Troyjo, serão algumas das autoridades brasileiras presentes.

O Fórum Econômico Mundial é o principal encontro anual entre chefes de Estado, empresários e integrantes da elite financeira global. O evento será realizado entre terça (21) e sexta-feira (24) da semana que vem.

No ano passado, no início do mandato de Bolsonaro, Campos Neto foi nomeado assessor especial de Guedes apenas para poder participar do encontro em Davos. O presidente já tinha indicado que ele seria o novo comandante do Banco Central. No entanto, como o processo de aprovação no Congresso ainda demoraria, Campos Neto precisava de um cargo oficial para participar da comitiva.