Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.259,58
    +87,43 (+0,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Campos Neto enfatiza que BC mira inflação na meta em 2022

·1 minuto de leitura
Consumidores fazem compras em mercado de rua no Rio de Janeiro

BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central tem enfatizado que está mirando entregar a inflação na meta em 2022, ano que faz parte de seu horizonte relevante, reforçou nesta segunda-feira o presidente da autarquia, Roberto Campos Neto.

Em live promovida pelo jornal Valor Econômico, ele voltou a dizer que o BC não acredita em ajustar a meta de inflação e que a Selic vai atingir o nível que for necessário para ancorar expectativas.

"Com nosso ritmo de atuação, nós levamos inflação para meta", defendeu ele, reiterando que o pico da inflação no acumulado em 12 meses deve ser em setembro.

(Por Marcela Ayres)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos