Mercado fechado

Campanha contra criptografia de ponta a ponta atinge o Facebook

·1 min de leitura
  • Objetivo é coibir que as ferramentas de conversa da empresa sejam usadas para divulgar pornografia infantil;

  • Criptografia ponta a ponta é geralmente utilizado para garantir a privacidade dos usuários

  • A campanha recebeu apoio do governo britânico através do Ministério do Interior.

Um grupo de sobreviventes de abuso, instituições de caridade e ativistas de segurança infantil no Reino Unido estão criando uma campanha contra a promessa do Facebook de estabelecer criptografia de ponta a ponta em seus aplicativos.

A criptografia de ponta a ponta é uma tecnologia que permite confidencialidade e sigilo para os participantes de uma conversa.

Ela faz com que o texto de uma conversa não possa ser lido pela plataforma onde ela está acontecendo, como é o caso dos aplicativos de mensagem WhatsApp e Telegram, este último não sendo parte do ecossistema de empresas da Meta.

Leia também:

Se por um lado isso dá uma maior segurança para os usuários de que sua privacidade está sendo respeitada, esses grupos temem que a ampla adoção da criptografia ajudade a ocultar milhões de casos de abuso sexual infantil.

Os protestantes pedem que a empresa suspenda os planos de criptografar seus aplicativos de mensagem, em especial o Facebook Messenger.

A campanha, chamada de "No Place To Hide", tem recebido apoio do governo britânico, através do Ministério do Interior (Home Office). Para a ministra, Priti Patel, os planos de criptografar as redes sociais são "inaceitáveis".

Quando confrontada com a tese do direito a privacidade,, Rhiannon-Faye McDonald, sobrevivende de abuso sexual infantil e especialista da Fundação Marie Collins, respondeu que essa é também uma forma de se pensar na privacidade das crianças.

“Meu abuso foi registrado com fotos e vídeos que podem estar por aí agora, enquanto falo", disse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos