Mercado fechado

Caminho do euro para domínio global passa por finanças verdes

Piotr Skolimowski

(Bloomberg) -- O euro conquistou posição dominante no mercado de rápido crescimento para o financiamento de títulos verdes, respondendo por quase metade do total de novas emissões no ano passado, segundo o Banco Central Europeu.

Os dados refletem as ambições da União Europeia de tornar o continente a primeira região neutra em carbono até 2050. A presidente do BCE, Christine Lagarde, prometeu refletir sobre como a instituição poderia contribuir, depois de repetidamente ser criticada por grupos ambientalistas por comprar títulos de empresas poluidoras como parte do estímulo monetário.

A dívida destinada a investimentos ecologicamente corretos multiplicou por 20 nos últimos cinco anos, sendo residentes da União Europeia os maiores emissores, afirmou o BCE na terça-feira em relatório anual sobre o papel internacional do euro. Embora o tamanho do mercado ainda seja pequeno, a liderança do euro é visível: cerca de 9% de toda a dívida levantada em moeda única em 2019 foi classificada como verde, em comparação com pouco mais de 2% de todos os títulos denominados em dólar.

Posicionar o euro como a moeda de escolha para combater a mudança climática pode finalmente elevar seu perfil como moeda de reserva internacional.

“A rápida implementação de uma taxonomia da UE de atividades econômicas sustentáveis forneceria uma estrutura confiável e padronizada, garantiria maior confiança aos investidores e, portanto, também poderia contribuir para fortalecer o papel internacional do euro”, disse o membro do Conselho Executivo do BCE, Fabio Panetta, em comunicado.

O relatório alerta que a iniciativa do financiamento verde pode enfrentar a concorrência de vários países, incluindo Reino Unido, China e Cingapura, que também desenvolveram estratégias para promover o crescimento desse segmento do mercado.

De maneira mais ampla, observa o BCE, o euro permaneceu a segunda moeda mais usada no mundo. A participação da moeda única nas reservas internacionais globais aumentou modestamente em 2019.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.