Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.783,90
    +21,20 (+1,20%)
     
  • BTC-USD

    49.230,20
    +2.059,98 (+4,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Calleri já aparece entre os dez maiores artilheiros estrangeiros da história do São Paulo

·2 min de leitura


Após uma sequência de seis empates, o São Paulo finalmente voltou a vencer pelo Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira, no Morumbi, o Tricolor bateu o Corinthians por 1 a 0 e se distanciou da zona do rebaixamento, subindo para a 12ª posição com 34 pontos. O gol, mais uma vez, foi marcado por Calleri.

Esse foi o terceiro tento do atacante desde o seu retorno ao clube, todos anotados nos últimos quatro jogos - marcou também sobre Santos e Ceará. Com a boa sequência, o argentino já aparece na lista dos dez maiores artilheiros estrangeiros da história do São Paulo.

Em sua primeira passagem pelo Morumbi, o centroavante marcou 16 vezes em apenas 31 partidas. Uma média de aproximadamente uma bola na rede a cada dois jogos. Um aproveitamento parecido com o atual - 3 em 8 atuações (em metade entrando nos minutos finais).

Com um total de 19 gols em 39 jogos, o camisa 30 ocupa atualmente a 9ª posição no ranking de goleadores estrangeiros. Com o tento anotado no Majestoso, Calleri ultrapassou seu compatriota Juan José Negri, que defendeu o clube na década de 1950, e está a apenas um de empatar com o peruano Cueva, que atuou pela equipe entre 2016 e 2018.

O topo da lista, no entanto, segue ainda muito distante. Com 119 gols marcados, o uruguaio Pedro Rocha, ídolo tricolor nos anos 1970, continua soberano no ranking. Sastre, também argentino, que brilhou na década de 1940, vem mais atrás, com 56. Confira o top 10:

MAIORES ARTILHEIROS ESTRANGEIROS DA HISTÓRIA DO SÃO PAULO

1º - Pedro Rocha - uruguaio - 119 gols
2º - Sastre - argentino - 56 gols
3º - Albella - argentino - 46 gols
4º - Barrios - paraguaio - 40 gols
5º - Aristizábal - colombiano - 37 gols
Dario Pereyra - uruguaio - 37 gols
7º - Elmo Bóvio - argentino - 22 gols
8º - Cueva - peruano - 20 gols
9º - Calleri - argentino - 19 gols
10º - Negri - argentino - 18 gols

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos