Mercado abrirá em 3 h 18 min
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,47
    +0,56 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.862,10
    -17,50 (-0,93%)
     
  • BTC-USD

    39.634,36
    +4.055,48 (+11,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    923,53
    -18,29 (-1,94%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.161,26
    +27,20 (+0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.030,50
    +36,25 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1908
    -0,0018 (-0,03%)
     

Califórnia adverte contra falsas carteiras de vacinação

·1 minuto de leitura
Adolescente recebe a primeira dose da vacina anticovid da Pfizer em Los Angeles, Califórnia, 14 de maio de 2021

O procurador-geral da Califórnia, Rob Bonta, advertiu nesta quarta-feira (19) contra carteiras falsas de vacinação contra a covid-19 que começaram a aparecer em lojas e na internet, lembrando o público dos riscos de usar estas falsificações.

"Tivemos conhecimento de que foram divulgadas em redes sociais, plataformas de comércio eletrônico e blogs falsas carteiras de vacinação da covid-19 para que algumas pessoas se façam passar por pessoas vacinadas", escreveu o procurador em um comunicado.

"Essas carteiras falsificadas estão prejudicando a saúde e a segurança dos californianos e, além do mais, são ilegais", destacou Bonta, ressaltando que se trata de um crime federal.

Todos os californianos maiores de 12 anos têm acesso gratuito às vacinas contra o coronavírus e recebem um cartão oficial quando tomam a primeira dose.

Isso não impediu que o proprietário de um bar em Clements, pequena cidade da Califórnia, fabricasse carteiras falsas e as vendesse a 20 dólares cada uma no estabelecimento até sua detenção no começo de maio.

Meios de comunicação americanos também reportaram sobre tutoriais de carteiras falsificadas que circulam em fóruns na internet frequentados por ativistas antivacinas e em sites de venda privada na web.

Até o momento, estas carteiras não têm caráter oficial, mas os organizadores de eventos privados começaram a reservar certos acessos a pessoas vacinadas.

A carteira de vacinação também poderia permitir em breve aos americanos viajar à União Europeia, cujos Estados-membros acabam de acordar a permissão de entrada aos viajantes de países terceiros que tenham recebido as doses necessárias da vacina contra a covid.

ban/cjc/gma/yow/mvv