Mercado fechará em 16 mins
  • BOVESPA

    112.142,04
    +252,16 (+0,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.443,74
    +300,74 (+0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    115,02
    +0,93 (+0,82%)
     
  • OURO

    1.857,70
    +3,80 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    28.533,46
    -914,25 (-3,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    618,22
    -11,28 (-1,79%)
     
  • S&P500

    4.148,13
    +90,29 (+2,23%)
     
  • DOW JONES

    33.141,11
    +503,92 (+1,54%)
     
  • FTSE

    7.585,46
    +20,54 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    20.697,36
    +581,16 (+2,89%)
     
  • NIKKEI

    26.781,68
    +176,84 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.648,75
    +369,50 (+3,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0818
    -0,0362 (-0,71%)
     

Calçado repelente promete manter crianças longe do mosquito da dengue

Uma empresa brasileira, em parceria com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), desenvolveu um calçado infantil que ajuda a proteger as crianças contra o mosquito da dengue. O sapato já foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Segundo a Kidy Company, a linha Kidy Protect — que conta com tênis, papetes e babuches com numeração do 16 ao 32 — consegue afastar o mosquito Aedes aegypti com uma eficácia comprovada de 96,7%, graças ao uso de pastilhas repelentes acopladas aos calçados.

“Apesar de uma vacina contra a dengue já existir, ela ainda só está disponível na rede particular por aproximadamente R$ 300. Além disso, a imunização só é indicada para crianças com mais de nove anos e que já tiveram a doença. Por isso, esses sapatos repelentes representam uma proteção extra para os pequenos”, explica a gerente de marketing Luciana Girotto.

Xô, mosquito

Segundo o último boletim do Ministério da Saúde, de janeiro até agora, já foram registrados quase 465 mil casos de dengue no Brasil, um aumento de mais de 100% em comparação ao mesmo período do ano passado. Até agora, 131 pessoas morreram por causa da doença e outras 191 mortes ainda estão sendo investigadas.

Pastilhas repelentes devem ser trocadas a cada 15 dias (Imagem: Reprodução/Kidy Company)
Pastilhas repelentes devem ser trocadas a cada 15 dias (Imagem: Reprodução/Kidy Company)

Uma nova vacina contra a dengue — que vem sendo desenvolvida há mais de 10 anos pelo Instituto Butantan — mostrou resultados animadores. A fase 1 dos testes revelou que o imunizante induz a geração de anticorpos em 100% dos indivíduos que já tiveram dengue e em mais de 90% naqueles que nunca tiveram contato com o vírus. A expectativa é que a pesquisa seja finalizada até 2024.

“Diante desse cenário incerto, nossos calçados funcionam como uma barreira que impede as crianças de serem picadas pelo mosquito. O produto já vem com quatro pastilhas repelentes — utilizadas uma por vez — e os estudos mostram que é possível garantir a proteção plena com o uso em apenas um dos pés”, acrescenta Girotto.

Quanto custa

Os vários modelos de calçados já estão disponíveis para compra no e-commerce da marca, farmácias e lojas físicas espalhadas pelo Brasil. Segundo a empresa, a versão mais acessível do produto custa R$ 99,90. Já a cartela com três unidades do refil das pastilhas sai por R$ 17,99. Para garantir a eficácia dos sapatos, a Kidy Company recomenda que essas pastilhas sejam substituídas a cada 15 dias.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos