Mercado fechará em 4 h 17 min
  • BOVESPA

    119.432,71
    -131,73 (-0,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.848,11
    +448,31 (+0,93%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,18
    -0,45 (-0,69%)
     
  • OURO

    1.816,30
    +32,00 (+1,79%)
     
  • BTC-USD

    57.036,64
    -68,62 (-0,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,60
    +9,19 (+0,62%)
     
  • S&P500

    4.181,35
    +13,76 (+0,33%)
     
  • DOW JONES

    34.419,23
    +188,89 (+0,55%)
     
  • FTSE

    7.064,04
    +24,74 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    28.637,46
    +219,46 (+0,77%)
     
  • NIKKEI

    29.331,37
    +518,77 (+1,80%)
     
  • NASDAQ

    13.498,75
    +7,75 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3562
    -0,0707 (-1,10%)
     

Caixa Seguridade deve fixar ação a R$ 9,67 no IPO: Fontes

Felipe Marques, Rachel Gamarski e Cristiane Lucchesi
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Caixa Econômica Federal, maior banco do Brasil com base no tamanho da carteira de empréstimos, deve levantar pelo menos R$ 4,35 bilhões em uma oferta pública inicial de ações de sua unidade de seguros, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto.

A transação provavelmente sairá ao preço de R$ 9,67, próximo ao limite mínimo da faixa proposta de R$ 9,33 a R$ 12,67, disseram as pessoas, pedindo para não serem identificadas porque a decisão ainda não é pública. Foram vendidas pelo menos 450 milhões de ações, mas uma oferta adicional de 67,5 milhões de ações poderia elevar o valor total da transação a R$ 5 bilhões. As negociações da ação começam em 29 de abril.

A Caixa não respondeu imediatamente a um e-mail solicitando comentários.

Todo o dinheiro arrecadado no IPO vai para a Caixa, que pretende pagar R$ 40 bilhões em títulos perpétuos ao governo federal, como parte do plano do ministro da Economia, Paulo Guedes. A Caixa vendeu de 15% a 17,25% de sua participação na seguradora.

Morgan Stanley foi o coordenador líder e também participaram da transação a Caixa, Bank of America, Credit Suisse Group, Itau BBA e UBS BB.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.