Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    61.490,11
    +2.560,30 (+4,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Caixa paga ciclo 4 até sexta-feira; veja quem recebe

·1 minuto de leitura
  • Beneficiários do pagamento serão os nascidos no mês de outubro

  • O saque para nascidos em novembro e dezembro também estará disponível ao longo desta semana

  • O benefício será estendido até outubro deste ano

A Caixa Econômica Federal vai liberar nesta quarta-feira (28) o pagamento da 4ª parcela do auxílio emergencial para nova categoria de beneficiários. Desta vez, os favorecidos pelo benefício serão os usuários nascidos no mês de outubro. O benefício, depositado na poupança social digital, também será liberado na quinta-feira (29) para os nascidos no mês de novembro e na sexta-feira (30) para os nascidos em dezembro.

Estes serão os últimos depósitos do Ciclo 4, com os saques da 4ª Parcela estando disponíveis para saque a partir de 2 de agosto.

O valor do auxílio emergencial depende da composição da família. Em grupos com apenas um membro, o depósito será de RS$ 150 por mês. A partir de duas pessoas, a família recebe RS$ 250. No caso de famílias chefiadas por mulher sem cônjuge ou companheiro, com pelo menos uma pessoa maior de idade, o valor é de RS$ 375.

No início de julho, o governo federal anunciou que vai prorrogar o benefício por mais três meses em 2021: agosto, setembro e outubro. Cerca de 40 milhões de brasileiros devem ser atendidos pelo auxílio emergencial.

As informações são da Istoé Dinheiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos