Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,99
    +0,69 (+0,94%)
     
  • OURO

    1.748,50
    -1,30 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    42.875,67
    -1.799,34 (-4,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.069,30
    -33,76 (-3,06%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,50
    +16,00 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2546
    +0,0296 (+0,48%)
     

Caixa e Banco do Brasil recuam e desistem de deixar Febraban

·1 minuto de leitura
Fachada do Banco do Brasil
Insatisfação foi causada por conta do manifesto intitulado “A Praça dos Três Poderes”
(Getty Creative)
  • A Caixa e o Banco do Brasil recuaram na decisão de abandonar a Febraban 

  • Decisão foi tomada após entidade liberar um comunicado, na noite de ontem

  • Atrito surgiu após Febraban assinar manifesto capitaneado pela Fiesp 

A Caixa e o Banco do Brasil desistiram de abandonar a Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) após entidade anunciar que não ficará mais vinculada às decisões da Fiesp (Federação das Indústrias de São Paulo).

O atrito surgiu após a Febraban assinar um manifesto intitulado “A Praça dos Três Poderes”, apoiado por mais de 200 entidades e capitaneado pela Fiesp. O comunicado foi visto como crítico ao governo Bolsonaro pela Caixa e Banco do Brasil, gerando insatisfação por parte dos bancos.

Leia também: 

Ontem à noite, porém, a Febraban anunciou que “o assunto está encerrado” e que “a Fiesp, sem consultar as demais entidades, resolveu adiar sem data a publicação" do texto. Entretanto, “considera que o conteúdo do manifesto, aprovado por sua governança própria, foi amplamente divulgado pela mídia do país, cumprindo sua finalidade. A Federação manifesta respeito pela opção do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, que se posicionaram contrariamente à assinatura do manifesto”.

Para ambos os bancos federais, o anúncio não deixa brechas para qualquer decisão de saída.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos