Mercado fechado

Caixa corrige informação sobre FGTS enviada por mensagem no celular

RIO DE JANEIRO, RJ, 23.10.2019 - Fachada do banco Caixa Econômica Federal na rua Graça Aranha, no centro do Rio de Janeiro. (Foto: Lucas Tavares/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Caixa enviou na manhã desta segunda-feira (16) mensagens por meio de SMS sobre o saldo do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) de trabalhadores com valores desatualizados.

À noite, o banco enviou nova mensagem, na qual comunica o erro e pede aos cotistas que desconsiderem a informação anterior.

O banco diz ainda que o saldo atualizado pode ser consultado no App FGTS ou no site da Caixa.

Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro sancionou a medida provisória do saque extra do Fundo e manteve a alteração feita pelo Congresso no valor da retirada para R$ 998 (hoje, um salário mínimo) por conta do fundo. Inicialmente, cada trabalhador poderia retirar até R$ 500 de cada conta.

O pagamento extra estará disponível no dia 20 deste mês.

Serão atendidos 10 milhões de pessoas e movimentados R$ 2,6 bilhões.