Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.394,41
    -59,37 (-0,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

Cai o número de espectadores de transmissões de videogame

Número de espectadores de streaming de jogos caiu do último ano para agora
Número de espectadores de streaming de jogos caiu do último ano para agora
  • Facebook Gaming foi o mais impacto com a perda de audiência;

  • Twitch permanece na primeira posição entre as plataformas de streaming de jogos;

  • Queda pode ser explicada pela flexibilização das medidas sanitárias pós-covid.

O número de horas transmitidas e assistidas no Twitch, YouTube Gaming e Facebook Gaming caiu significativamente no decorrer deste ano, de acordo com o último relatório da Streamlabs e Stream Hatchet sobre o cenário da transmissão ao vivo.

Entre abril e junho, os streamers nas três plataformas estiveram ao vivo por 273 milhões de horas. Isso representa uma queda de 19,4% em relação ao segundo trimestre de 2021 e 12% em relação ao trimestre anterior, de janeiro a março. Já em termos de espectadores, o relatório apontou que foram sintonizadas 7,36 bilhões de horas nas três plataformas no último trimestre, uma queda de 18,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A desaceleração para todas as três plataformas pode ser um caso de pessoas passando mais tempo fora do que no ano passado por motivos relacionados à pandemia, apontou o relatório.

O Twitch ainda é de longe a maior plataforma entre as três, com 76,7% de participação de mercado em termos de horas assistidas (5,64 bilhões) e 92,7% de horas transmitidas (204,2 milhões). Esses números caíram 13,4% e 16% em relação ao segundo trimestre de 2021. O número de canais únicos transmitidos na plataforma caiu quase 2 milhões para 9,6 milhões também.

No entanto, a categoria Just Chatting do Twitch continua se fortalecendo. As horas assistidas lá cresceram 2,2% em relação ao trimestre anterior, dando à categoria a maior audiência de todos os tempos. As categorias mais assistidas depois disso foram Grand Theft Auto V (465 milhões de horas) e League of Legends (464 milhões).

Já o YouTube Gaming permaneceu estável em relação ao trimestre anterior, mas caiu 13,1% em relação ao segundo trimestre de 2021. O total de horas transmitidas também caiu 9,6%. Já o Facebook Gaming sofreu o maior impacto, mesmo com a empresa se esforçando para atrair novos criadores.

O número de horas assistidas no Facebook caiu 51% em relação ao ano passado, para 580 milhões. Houve uma queda ainda maior em termos de horas transmitidas, de 20,8 milhões no segundo trimestre de 2021 para 7,9 milhões no último trimestre – um declínio de 62%.