Mercado abrirá em 1 h 28 min
  • BOVESPA

    108.402,27
    +1.930,27 (+1,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.354,86
    +631,46 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,85
    +1,09 (+1,20%)
     
  • OURO

    1.806,60
    +1,40 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    23.378,61
    -681,20 (-2,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    543,72
    +0,84 (+0,16%)
     
  • S&P500

    4.140,06
    -5,13 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    32.832,54
    +29,04 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.486,56
    +4,19 (+0,06%)
     
  • HANG SENG

    20.003,44
    -42,33 (-0,21%)
     
  • NIKKEI

    27.999,96
    -249,28 (-0,88%)
     
  • NASDAQ

    13.122,75
    -60,50 (-0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2306
    +0,0212 (+0,41%)
     

Após calote, Cafu processa empresa acusada de 'pirâmide de bitcoin'

·1 min de leitura
Além dos quase R$ 2 milhões, Cafu pede uma indenização por danos morais e materiais no valor de R$ 100 mil
Além dos quase R$ 2 milhões, Cafu pede uma indenização por danos morais e materiais no valor de R$ 100 mil

O pentacampeão do mundo Cafu está processando a empresa Arbcrypto por danos morais e materiais. O caso vem causando dores de cabeça a Cafu, que teve R$ 3 milhões em bens bloqueados. Alexandre Kwok e Eneas Tomaz, donos da Arbcrypto, também tiveram as contas suspensas por causa do episódio.

A empresa, segundo a defesa do jogador, usou de forma indevida a imagem de Cafu. De acordo com o processo, em 2019, ficou acordado que a companhia pagaria R$ 1,98 milhão ao capitão do penta pelo uso de sua imagem para alavancar o negócio. A quitação do débito seria em 18 parcelas. No entanto, Cafu jamais viu a cor desse dinheiro, segundo a defesa.

O processo ainda diz que o primeiro pagamento ficou condicionado à ida de Cafu a um evento da Arbcrypto. O ex-jogador compareceu, mas não recebeu o dinheiro.

No ano passado, começaram a surgir denúncias envolvendo a Arbcrypto sobre uma possível pirâmide financeira envolvendo bitcoins. No escândalo, a imagem de Cafu estava atrelada a cursos, “dicas” e tudo que envolvia a empresa.

Além dos quase R$ 2 milhões, Cafu pede uma indenização por danos morais e materiais no valor de R$ 100 mil. A defesa do ex-jogador também quer que os acusados paguem 20% dos honorários dos advogados no valor da causa, estimada em R$ 100 mil

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos